2021/09/06

Falta de substratos agrava falta de chips

O actual cenário de falta de chips faz cair as atenções sobre tudo o que está relacionado - e uma dessas coisas é a falta de substratos.

A falta de chips tem lançado o caos nas mais variadas áreas, tendo levado à redução ou suspensão da produção automóvel de praticamente todos os fabricantes, e fazendo com que muitos produtos electrónicos sejam difíceis de encontrar ou estejam a ser vendidos a preços inflacionados. E uma das coisas que também está a contribuir para isso são os substratos.

Os substratos são a pequena placa de circuito impresso a que ninguém presta atenção, que serve de suporte ao chip propriamente dito, e que faz a sua interligação com a placa mãe onde vai ser inserido. É considerado um mero acessório pouco nobre, com margens de lucro que são uma fracção da que é obtida pelos chips propriamente ditos, mas que agora começam a receber maior atenção. Devido às margens reduzidas, são poucas as empresas que se dedicam à produção destes substratos, mas que apesar do seu preço e margens, acabam por ser peças críticas e fundamentais para que os chips possam ser fornecidos aos clientes. E agora, por também estarem com fornecimento limitado, também contribuem para a situação complicada que se vive.

Nos automóveis, podemos ter a venda de um carro de 50 mil euros "encravada" pela falta de um chip que custa poucos euros; nos chips, podemos ter um chip de 500 euros encravado pela falta de uma pequena placa que pode custar uns cêntimos - mas que neste mercado de oferta e procura, também estão a obter o poder negocial para inflacionarem os seus preços e aumentarem a sua tradicional margem de lucro reduzida.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]