2021/11/29

Tesla Gigafactory Berlim prestes a iniciar produção

Depois de muitos atrasos e adiamentos, a Gigafactory Berlim está prestes a dar início à produção dos Model Y para o mercado europeu.

A Tesla deve estar prestes a obter as aprovações necessárias para dar início à produção em volume na sua Gigafactory alemã. Uma produção que chega após inúmeros atrasos durante o processo de construção, e outros que têm decorrido relativamente à burocracia na obtenção de licenças ambientais; mas que parecem ter finalmente sido resolvidas.

Originalmente a Tesla tinha o ambicioso - demasiado ambicioso - sonho de ter a Gigafactory a produzir no final do ano passado; que depois foi revisto mais realisticamente para Julho de 2021. Num projecto desta envergadura, não se pode dizer que estes cinco meses extra sejam exagerados, mas é preciso ter em conta que são cinco meses em que poderiam ter produzido milhares de Model Y para fornecimento do mercado europeu sem necessidade de recorrer ao dispendioso processo de transporte e importação dos modelos fabricados na China.

A Tesla já terá feito os primeiros modelos de validação da linha de produção na Alemanha, devendo em breve passar aos modelos que começarão a ser entregues aos clientes, mas numa primeira fase ainda em volume reduzido. A Tesla diz que não espera produzir mais de 30 mil automóveis durante o primeiro semestre de 2022. Ter em conta que o Model Y produzido na Europa deverá ser uma versão mais evoluída, que dará uso às novas células 4680 e chassis monobloco. A marca tinha também referido que a Gigafactory alemã contava com um dos mais avançados sistemas de pintura do mundo; pelo que as expectativas são elevadas quanto à qualidade dos acabamentos dos Tesla produzidos na Alemanha.

1 comentário:

  1. "...Ter em conta que o Model Y produzido na Europa deverá ser uma versão mais evoluída, que dará uso às novas células 4680 e chassis monobloco". Não acredito nessa versão para tão cedo, pois ainda nao existe uma fabrica de baterias 4680 capaz de satisfazer as necessidades da Gigafáfrica de Berlim.
    Creio que teremos os modelos Y com a mesma configuração dos que vem da China e USA, ou seja com baterias 2170.
    O arranque da produção é no entanto uma excelente noticia para o mercado europeu, haja mais concurrencia para o consumidor poder ter mais e melhores opções de escolha.

    ResponderEliminar

[pub]