2022/01/03

AirTags usados para seguir pessoas

Depois dos casos de AirTags usados para localizar carros topo de gama para serem roubados mais tarde, aumentam também os casos de mulheres que se queixam estarem a ser seguidas pelos pequenos trackers da Apple - embora por vezes quem esteja a segui-las sejam pessoas inesperadas.

A Apple estava preocupada com o potencial uso abusivo dos AirTags, ao ponto de rapidamente efectuar alterações de modo a que apitassem ao fim de um dia afastados dos seus legítimos donos (originalmente só o faziam ao fim de três dias), como forma de se auto-denunciarem se forem usados para seguir uma pessoa sem o seu conhecimento. No entanto, isso não tem sido suficiente para evitar esse tipo de uso, como vão revelando os casos de pessoas que descobrem estar a ser seguidas dessa forma.

Para as que usam iPhones, o processo de identificar esse tracking torna-se mais fácil, pois os dispositivos Apple podem alertar o utilizador caso detectem um AirTag que não pertença ao utilizador a manter-se por perto durante demasiado tempo - embora algumas digam que esses alertas são muito irregulares, tanto podendo acontecer ao fim de algumas horas, como também apenas após alguns dias. Para os que usarem Android, a coisa complica-se, pois teriam que correr manualmente uma app para determinar se têm algum AirTag escondido por perto - algo que a esmagadora maioria das pessoas não fará, nem sequer saberá de tal app.

Tal como referimos para o caso do tracking dos carros. A possibilidade de seguir carros e pessoas não é algo que apenas se tenha tornado possível com as AirTags. Há muito que existem outros trackers compactos, como os Tile. A questão é que, como estes trackers dependem de que os smartphones tenham a sua app instalada para serem localizados, a sua capacidade de localização é muito inferior à dos AirTags, que utilizam todos os iPhones e demais equipamentos Apple para serem localizados. Aliado ao seu tamanho compacto e custo "aceitável", tornam-se em propostas tentadoras para quem desejar seguir qualquer pessoa ou veículo.

Por vezes, podem revelar coisas inesperadas. Uma adolescente de 17 anos que ficou assustada ao ser alertada para a presença de um AirTag desconhecido a segui-la, acabou por descobrir que o mesmo tinha sido colocado pela sua mãe para saber por onde andava. Pelo que, antes de entrar em paranóia de estar a ser seguido(a) por desconhecidos, talvez seja melhor fazer uma pequena investigação em casa.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]