2022/03/09

McDonalds e Coca-Cola suspendem vendas na Rússia

Depois da VISA e Mastercard, também empresas como a McDonalds e Coca-Cola suspendem a venda de produtos na Rússia por causa da invasão da Ucrânia.

A McDonalds, Coca-Cola, Pepsi, Starbucks, e outra empresas juntam-se à repudiação internacional contra a invasão da Ucrânia suspendendo as vendas na Rússia. Medidas simbólicas que também permitirão à população russa ter um sinal claro da posição internacional da dita "operação especial" que Putin está a levar a cabo na Ucrânia.

Putin já veio dizer que estas medidas equivalem a uma declaração de guerra, mas há também quem refira que coisas como o bloqueio dos bancos russos é apenas uma "operação especial financeira" internacional com o objectivo de salvar a economia russa, tal como ele diz estar a fazer pela Ucrânia.

De qualquer forma, é imensamente triste ver como numa questão de dias se pode ver as relações internacionais com a Rússia recuarem décadas, voltando a atirar o país para o estado de isolamento em que estava durante a Guerra Fria - e, aparentemente, também a poucos dias de desligar a sua "internet" do resto da internet mundial, o que irá complicar imensamente a vida aos cidadãos russos que quiserem ter uma perspectiva global do que está a acontecer.

6 comentários:

  1. Uma piada que já vi hoje: Depois destas suspensões de empresas de junk-food, brevemente a Rússia terá a população mais saudável do mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria preciso comerem vegetais e nem isso eles tem...

      Eliminar
  2. Urge um 25 de Abril na Rússia!

    ResponderEliminar
  3. Nem os blogs tecnológicos escapam as questões políticas....santa paciência

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente é impossível ignorar certos acontecimentos "além-tecnologia".

      Eliminar

[pub]