2022/03/31

Suécia estuda zonas electrónicas de condução

Na Suécia, um automóvel poderá abrandar automaticamente ao circular numa localidade, com o novo sistema de geofencing rodoviário que está a ser estudado.

Hoje em dia os automóveis já têm capacidade para "ver" os sinais de trânsito, ou de saberem os limites de velocidade através dos mapas de navegação. Mas a Suécia quer levar o conceito ainda mais longe, criando zonas com regras específicas que os carros poderão ser forçados a cumprir de forma automática.

Isto não só significa que um carro poderia ter a velocidade máxima limitada ao entrar numa localidade, como poderia andar ainda mais devagar nas imediações de uma escola. Os veículos de transporte poderiam ficar bloqueados de entrar em certas zonas durante o dia, e de noite terem regras que só permitiriam a circulação em modo 100% eléctrico silencioso, para não incomodar os residentes. Regras que podem parecer excessivas para quem está habituado a ter total controlo sobre o veículo que conduz, mas que decorrem da tragédia de Abril de 2017, quando um homem com um camião roubado lançou o caos numa zona comercial e entrou por uma loja dentro, matando quatro pessoas.

De certa forma, isto acaba por já ser representativo de um futuro em que teremos carros autónomos, que seguirão estas (e todas as outras) regras à letra, sem a tentação humana de as "ajustarem" à sua conveniência. Mas, enquanto não temos os carros a fazerem todo o trabalho por nós, veremos que tal corre este plano sueco de limitar os potenciais excessos que os condutores humanos possam cometer.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]