2022/04/05

Amazon reserva 83 lançamentos para satélites da rede Kuiper

A Amazon / Blue Origin tem estado atrasada face à SpaceX, mas anunciou ter reservado 83 lançamentos para os próximos anos para criar a sua rede Kuiper de internet via satélite.

O Project Kuiper, tal como o Starlink da SpaceX, também pretende facilitar o acesso à internet a partir de qualquer ponto do planeta usando uma constelação com milhares de satélites em órbita baixa. A diferença é que, enquanto a SpaceX já lançou mais de 2 mil satélites e continua a lança-los a uma cadência regular todos os meses, a Amazon ainda não lançou nenhum. Talvez para demonstrar que o seu compromisso é mesmo a sério, agora revela ter reservado 83 lançamentos para os próximos 5 anos, com os quais espera criar a sua constelação de 3236 satélites.

Os lançamentos serão divididos por várias empresas, incluindo os Ariane 6 Arianespace, o Vulcan da United Launch Alliance e seu próprio New Glenn. Mas, há que frisar que nenhum deles está actualmente pronto para fazer estes lançamentos, e o desenvolvimento de alguns deles tem estado atrasado. Talvez por isso também seja mantido como alternativa a possibilidade de serem usados os Atlas V da ULA, o único que está em funcionamento - mas que não tem a capacidade de carga que seria desejada (lançar 3236 satélites em 83 lançamentos dá uma média de 39 satélites por lançamento.

Sem grandes surpresas, quem fica de fora da lista de fornecedores para estes envios é a SpaceX, cujos Falcon 9 e futuro Falcon Heavy, seguramente poderiam fazer estes lançamentos a preço bastante mais económico. Mas, até para Jeff Bezos, parece que há coisas que são mais importantes do que optar pela solução mais económica.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]