2022/04/27

Hackers atacaram Coca-Cola e vendem 161 GB de dados

Um grupo de hackers que fez uma votação sobre o seu alvo, atacou a Coca-Cola e está a vender 161 GB de dados que conseguiu roubar.

O grupo de hackers intitulados Stormous parece estar a querer ganhar visibilidade entre os grupos de hackers que lançam campanhas de ransomware e roubo de dados, e apresentou aos potenciais interessados uma lista de alvos que iria atacar. A lista incluía empresas como a Coca-Cola, Mattel, Danaher, Blackboard, e GE Aviation; e a mais votada foi a Coca-Cola.

A campanha parece ter sido feito como forma do grupo promover a sua nova loja na darkweb, onde disponibilizará os dados que vai roubando das empresas. Neste caso, diz ter conseguido 161 gigabytes de dados da Coca-Cola, que está a vender por cerca de 1.65 Bitcoin, aproximadamente 64 mil dólares.
A Coca-Cola ainda não confirmou o ataque ou roubo de dados, dizendo apenas que ainda está a averiguar o incidente.

Seria curioso se pelo meio destes dados estivesse a famosa "receita secreta" da Coca-Cola - mas imagino que, se tal fosse o caso, este grupo faria questão de referir isso como forma de obter visibilidade adicional, e provavelmente pediria um valor superior. Mas, pode também dar-se o caso de serem preguiçosos e nem sequer se terem dado ao trabalho de espreitar o que está lá pelo meio dos 161 GB de dados.

1 comentário:

  1. A receita da Coca Cola há muito tempo que não é segredo. 🙃

    Por outro lado, imagino as voltinhas que os responsáveis máximos da PepsiCo estejam a dar na tentativa de aprender ao máximo possível como se fazem pagamentos em Bitcoin sem dar nas vistas... 🤔💩

    ResponderEliminar

[pub]