2022/05/23

AMD revela CPUs Ryzen 7000

A AMD revelou a próxima geração de CPUs Ryzen 7000, com arquitectura Zen 4, que poderão superar os 5 GHz, mas também irão precisar de um novo socket AM5.

Há boas notícias para os fãs da AMD que estiverem a pensar montar um novo computador mais para o final do ano. A sua nova geração de CPUs Ryzen 7000 parece ter tudo para tornar estes chips ainda mais atractivos, e simultanteamente complicar a vida à Intel.

Os Ryzen 7000 vão dar o salto para o novo socket AM5, medida justificada com o suporte nativo para DD5R5 e PCIe 5.0. A AMD aproveitou a boleia dos chips mobile e também nos traz o primeiro chip para PCs em que os chiplets Zen 4 são produzidos com tecnologia de 5 nm, acompanhados pelo chip I/O de 6 nm, e que poderão superar os 5 GHz (numa demonstração a AMD mostrou o chip a correr a 5.5 GHz).
A AMD diz que estes chips oferecem uma melhoria de mais de 15% em processamento single-threaded face aos Zen 3, e quer assegurar que todas as motherboards AM5 disponibilizem pelo menos um slot NVMe PCIe 5.0, para a instalação de SSDs super-velozes. Tambném temos suporte para até 14 portas USB 3.x, e quatro saídas de vídeo (HDMI 2.1 ou DisplayPort 2).

Um pormenor curioso, a AMD concebeu estes chips e socket AM5 de forma a que sejam compatíveis com os dissipadores feitos para os AM4. Pelo que, quem tiver um dissipador ou sistema de watercooling para um AM4, poderá aproveitá-los no seu futuro AM5.

Estes CPUs Ryzen 7000 têm chegada prevista para o Outono.

1 comentário:

[pub]