2022/09/20

Microsoft actualiza Windows 11 para 2022

A Microsoft acaba de lançar a nova versão do Windows 11 (2022) em mais de 190 países, incluindo Portugal, com novas funcionalidades que prometem maior segurança, acessibilidade, produtividade e colaboração.

O Windows 11 teve uma recepção maioritariamente positiva, mas não conseguia esconder que parecia um produto inacabado, com muitas funcionalidades "básicas" que os utilizadores estavam habituados a ter, em falta. Com a nova actualização 2022 a MS resolve algumas dessas falhas, mas há outras que ficam "para breve".

Dando resposta às críticas do Start Menu, agora passa a ser possível adicionar pastas ao Start Menu. O sistema de arranjo automático de janelas (Snap Layouts) também foi melhorado, simplificando o processo de manter organizadas janelas nos monitores de maiores dimensões.
Na barra de tarefas passa finalmente a ser possível fazer o "drag and drop", o que era um dos pontos mais criticados do Windows 11 para quem vinha dos Windows anteriores. No entanto continuam a faltar coisas como o reposicionamento da barra noutros lados, ou ajustar o seu tamanho ou icons. Talvez para 2023.
Há mais elementos que passam a reagir ao Dark Mode, incluindo o gestor de processos; mas outros continuam em falta (como o prometido dark mode do Microsoft Paint). Há ainda melhorias a nível dos gestos para utilização do Windows 11 em tablets, e também uma nova barra para controladores Xbox, que permite controlar o funcionamento do Windows a partir do gamepad, ideal para mudar de jogo sem ter que recorrer a um rato ou teclado.

A nível da acessibilidade, temos também melhorias a nível, com controlo por voz, legendagem automática de vídeos (via processamento local sem dependência de serviços na cloud), e text-to-speech melhorado. Usando a voz, será mais simples controlar o cursor, fazer copy / paste, e tudo o mais que se faz com rato e teclado, através do Voice Access.
Infelizmente, a nível da segurança, para se usar o novo Smart App Control que promete bloquear scripts e apps indesejadas, será necessário fazer uma reinstalação de raiz; porque a MS diz que não é possível assegurar que não existam apps maliciosas já infiltradas no sistema.

E quanto às muito aguardadas tabs no File Explorer, isso é algo que fica prometido para o próximo mês (Outubro).

3 comentários:

  1. "Na barra de tarefas passa finalmente a ser possível fazer o "drag and drop", o que era um dos pontos mais criticados do Windows 11 para quem vinha dos Windows anteriores."

    Finalmente! =D

    Quem quiser forçar o update, podem usar a ferramenta da Microsoft: https://www.microsoft.com/pt-pt/software-download/windows11

    ResponderEliminar
  2. Já tentei instalar por 2 vezes no dia de hoje (2022.09.28) e acaba por fazer o rollback após o reinício

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não seria um update de jeito sem vir com a habitual dose de bugs...

      Eliminar

[pub]