2022/10/11

Notícias do dia

Tribunal holandês proíbe vigilância por webcam de trabalhadores remotos; WhatsApp com bloqueio de screenshots e grupos até 1024 pessoas; Google apresenta Chromebooks gaming; Google Meet com transcrições automáticas; e código fonte BIOS Alder Lake disponibilizado na net.

Antes de passarmos às notícias, não deixes de participar no nosso habitual passatempo semanal, que desta vez te pode valer um powerbank Ockred de 10000 mAh.

Meta apresenta óculos VR Meta Quest Pro

A Meta já apresentou os seus mais recentes óculos VR, os Meta Quest Pro, que permitem ver o mundo real a cores (através de câmaras) e contam com eye tracking integrado.

Funcionando de forma completamente autónoma (sem fios), estes óculos oferecem uma autonomia de até 2 horas de utilização, e contam com ecrãs de 1800 x 1920 a 90 Hz para cada olho (com ajuste da distância entre olhos). Curiosamente a Meta optou por ecrãs LCD em vez de OLED, mas diz que têm constraste melhorado. A Meta fez também uma parceria com a Microsoft, para disponibilizar diversos serviços, como o Teams, e jogos Xbox, em VR. O maior entrave é que chegam com um preço de $1500 dólares, o que complicará o objectivo de conquistarem o "público em geral".



Google testa Starline em empresas externas

O impressionante sistema de tele-presença Starline da Google pode ainda não ser um produto comercial, mas a Google anunciou que vai expandir a utilização dos seus protótipos a empresas externas como a Salesforce, WeWork, T-Mobile, e outras.

Até agora o sistema estava a ser usado apenas internamente na Google, permitindo recriar a presença de outra pessoa de forma "holográfica" à sua frente, e criando uma experiência de interacção muito mais natural do que a que se tem usando um sistema de videochamada convencional. Veremos é se é um projecto para durar ou, como é habitual na Google, para cancelar.


TikTok quer competir com Amazon nas vendas online

Depois de se ter intrometido entre os serviços de vídeo que se pensava serem imbatíveis, o TikTok não pára e vai já preparando a expansão da sua ofensiva para a área das vendas online.

O TikTok está a preparar a criação de centros de distribuição e entrega, para criar um serviço que - ao estilo da Amazon - trata de todas as questões logísticas de armazenamento e desalfandegamento, de modo a que tanto os vendedores como os compradores tenham uma experiência "livre de chatices" ao efectuarem uma compra de algo que vêem num vídeo do TikTok. Veremos se também aqui o TikTok conseguirá tornar-se uma ameça que deixe a Amazon preocupada, ou nem por isso.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O Zip Drive da Iomega foi lançado em 1994, disponibilizando disquetes amovíveis que inicialmente ofereciam uma capacidade de 100 MB - numa altura em que as disquetes convencionais tinham 1.4 MB.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]