2022/12/30

Os serviços Google que morreram em 2022

A Google é conhecida por fazer uma limpeza dos seus serviços de forma regular, e 2022 não foi excepção, atingindo uma média de um encerramento por mês.

Embora sem haver nenhum serviço que atingisse o nível de reclamações do Google Reader, há alguns serviços que poderão deixar saudades, enquanto outros são serviços que até terão passado completamente despercebidos à maioria dos utilizadores.

Em 2022 a Google encerrou:
  1. YouTube Originals - o estúdio que se dedicava a criar séries originais para o YouTube
  2. Threadit - serviço de colaboração remota de vídeo
  3. Duplex on the Web - pouco mais que um autofill mais inteligente nalguns sites específicos
  4. Hangouts - a morte do serviço que já fazia tudo (e mais) que os novos Chat / Meet fazem
  5. Google Surveys - para a realização de inquéritos de mercado para empresas
  6. YouTube Go - a Google diz que a app normal é agora suficientemente eficiente para dispensar a necessidade da versão Go
  7. Google My Business app - a gestão dos dados de lojas e pequenas empresas passa a ser feita via Maps e Search
  8. Chrome apps - a evolução das web apps e PWA tornou-as desnecessárias
  9. Android Auto for phones - este vai deixar saudades a quem queria o usar o seu Android no carro
  10. Duo - parte da salgalhada da confusão da Google nos serviços de mensagens
  11. Google Assistant Snapshot - uma espécie de Google Now, que era de tão difícil acesso que poucos o conseguiam descobrir
  12. Cameos on Google - serviço para as vedetas criarem vídeos sobre si

Como bónus, mas não entrando na lista deste ano, temos também o Stadia, o serviço de streaming de jogos que a Google - apesar de todos os receios do público e estúdios de que viesse a ser encerrado - assegurava que iria ser para manter, vai encerrar em Janeiro de 2023.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]