2023/01/20

Chamada do Apple Watch leva 15 polícias a ginásio na Austrália

Num caso bastante insólito, uma chamada de emergência falsa de um Apple Watch levou 15 polícias em estado de emergência a um ginásio na Austrália.

Não faltam casos em que a Siri ou Apple Watch permitiram aos utilizadores detectarem situações graves de saúde e / ou de pedirem ajuda em situações complicadas. Desta vez tivemos um caso que poderia muito bem tornar-se no oposto, com mais de uma dezena de polícias armados a dirigirem-se a um local onde esperavam encontrar um potencial atirador.

O instrutor no local foi surpreendido pela chegada da aparatosa comitiva policial, mas rapidamente ficando esclarecido que não havia qualquer risco nem nenhum incidente com armas.

Depois de alguma análise, descobriu-se o que tinha acontecido.

A Siri estava a ser activada repetidamente no Apple Watch durante o treino, e apanhou o instrutor a dizer 1-1-2, sequência repetida durante as sequências de exercícios. Ora, tal como acontece na Europa, o número 112 corresponde ao número de telefone das emergências, e depois da chamada efectuada, complicando a situação, o operador conseguiu ouvir as palavras "good shot" e "nice shot", que o instrutor estava a usar para incentivar o aluno numa sessão de artes marciais, mas que fizeram o operador marcar o incidente como podendo envolver armas e tiros.

Felizmente, tudo acabou bem - mas não podemos deixar de pensar em como as coisas poderiam ter sido se este caso tivesse ocorrido num país onde exista maior tendência para disparar primeiro e fazer as perguntas depois.

1 comentário:

  1. Também... quem é que vai treinar, principalmente um treino de artes marciais com o relógio no pulso?!?!

    ResponderEliminar

[pub]