2023/01/14

Renault Kangoo E-Tech 100% eléctrico já disponível para encomenda

Quem estiver interessado no próximo modelo 100% eléctrico da Renault - o Kangoo E-Tech 100% Electric - já pode efectuar a sua encomenda junto dos concessionários da marca.

Para aqueles que valorizam os fins-de-semana e as férias em família ou com os amigos, mas também um automóvel funcional para as deslocações do quotidiano e/ou necessidades profissionais, em Março, chega à Rede de Concessionários Renault a melhor relação habitabilidade/bagageira/economia do mercado: o novo Kangoo E-Tech 100% Electric.

Com uma história de sucesso já com um quarto de século, o Renault Kangoo continua a surpreender pela capacidade de inovar e de se reinventar, inclusivamente quando a sustentabilidade e o lazer ganharam o estatuto de desígnios para a sociedade. A estreia de uma versão de passageiros 100% eléctrica é disso exemplo. Um automóvel com uma habitabilidade e um espaço para carga invulgares, perfeito para o melhor de dois mundos: família e profissional.

Exteriormente, o novo Renault Kangoo E-Tech 100% Electric sobressai pela imagem moderna, estando disponível com a assinatura luminosa em LED, as sempre úteis barras de tejadilho longitudinais multifunções e as jantes, de liga leve, de 17 polegadas. Com a abertura da porta lateral traseira deslizante fica bem patente o conceito combi familiar do novo Renault Kangoo E-Tech 100% Electric: o espaço é totalmente modulável, os cinco lugares para passageiros beneficiam de outros tantos bancos individuais, o volume mínimo da bagageira é de 775 litros, mas pode chegar aos 2.500 litros, com o deslizamento da segunda fila de bancos (um exclusivo da versão eléctrica), enquanto os espaços de arrumação totalizam os 49 litros.
Além disso, o interior personalizável, destaca-se pela qualidade dos materiais e dos acabamentos, bem como pela lista de equipamentos, estando disponíveis, por exemplo, o painel de instrumentos digital de 10 polegadas; o sistema Easy Link, com navegação incluída, associado a um ecrã de oito polegadas; o carregador do telemóvel por indução; as mesas tipo “avião” nas costas dos bancos dianteiros; o ar condicionado automático bi-zona ou os bancos dianteiros aquecidos.

O novo Renault Kangoo E-Tech 100% Electric está equipado com um motor de 90 kW (120cv) de potência e 245 Nm de binário, associado a uma bateria de 45 kWh, que beneficia de uma garantia de 8 anos ou 160.000 km. A autonomia é de até 285 km em ciclo WLTP, sendo que a travagem beneficia do ARBS (Adaptative Regenerative Brake System), um sistema que maximiza a energia recuperada e que disponibiliza três modos de travagem regenerativa.

A comercialização do novo Renault Kangoo E-Tech Eléctrico assenta em três versões: Authentic, que, a partir de 48.412€, oferece o equipamento essencial necessário para os clientes que procuram uma dupla utilização pessoal/profissional; Equilibre, que, a partir de 49.470€, se assume como a solução para as instituições que querem oferecer um serviço de transporte de passageiros de qualidade, confortável e económico; e a Techno, que, a partir de 51.290€, é perfeito para famílias ou profissionais independentes que procuram todo o conforto e segurança, com um design diferenciador.

[Pela Estrada Fora]

3 comentários:

  1. Esta proposta de utilitário decepciona em dois aspectos:
    . a baixa capacidade da bateria (45 kWh), restringido o carro ao ambiente urbano.
    . o elevado preço do modelo eletrico ( 48000€) face ao modelo ICE (26000€), tornando muito dificil justificar a compra do BE.

    Para quando modelos BE a preços competitivos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens que ver a diferença gigante de preço de energía/ combustível e manutenções:
      - 100 km num diesel média 5.0: uns 8€ (já estou a ser muito simpático...)
      - 100 km num eléctrico media 20 kwh: 3€

      Em 200.000 km só em energía o eléctrico poupa 10.000€. Se tiveres placas solares ainda se poupa mais. Logo em manutenção adiciona 5000€. Em total uns 15.000€ E esta é a diferença máxima que deve custar um eléctrico versus gasolina.

      Só em jeito de reparo: encomendei um Tesla Y Long Range 350cv uns 53.600€.

      Este Renault (muito inferior a um Tesla) a 50.000 ou mesmo o Megane por 65.000€ é um absurdo! Só se na França andarem a dar incentivos de 10 a 15.000....

      Os únicos veículos (mas não de carga) interessantes eléctricos são:
      - MG4
      - Kia EV6 ou de outras marcas Ioniq 5
      - algum Mercedes, Volvo ou BMW.

      Os VW, Audi, Seat ou marcas francesas não conseguem competir. Muito caros e sem algo bom para apresentar.

      Eliminar
  2. Com efeito, o preço não é convidativo.

    ResponderEliminar

[pub]