2016/02/27

Google sabe onde tiraste as fotos sem GPS - e desafia-te a fazeres melhor


Os dotes de pesquisa da Google surpreendem tudo e todos quando são aplicados às imagens que temos no Google Photos, especialmente quando consegue dizer-nos onde tiramos certas fotos sem recurso ao GPS. É tudo feito com a ajuda da inteligência artificial, e o sistema funciona tão bem que até nos desafia a fazermos melhor.

Procure-se no Google Photos pelas nossas fotos em Paris, e poderemos ser surpreendidos pelo facto de vermos surgir fotos que captamos numa câmara digital sem GPS. Embora impressionante, poderemos dizer que isso é facilmente explicado por nelas se encontrarem monumentos icónicos como a Torre Eiffel, só que a capacidade de reconhecimento dos locais a partir das imagens é muito mais avançado e já consegue fazer detecções em praticamente todo o mundo.



Estamos literalmente a falar da capacidade de olhar para uma qualquer fotografia e tentar determinar onde ela foi tirada, só que para a criação das suas "referências" foram usadas cerca de 100 milhões de fotos, que permitem criar um mapa visual que serviu para treinar o cérebro artificial que processa esta função - e que curiosamente fica condensada em apenas 377MB de memória, o que permitiria que o sistema corresse até num smartphone.

Para avaliar a capacidade do sistema, pediram-lhe para identificar a localização de 2.3 milhões de fotos (cuja localização era conhecida) e os resultados foram impressionantes: 48% foram associadas ao continente respectivo; 28.4% foram colocada no país correcto; 10.1% na cidade onde foram tiradas; e 3.6% tiveram direito a ser localizadas na rua em que foram captadas.


Para quem se acha um "cidadão do mundo" e capaz de fazer melhor, podem dar um salto ao GeoGuessr que desafia as pessoas a identificarem a localização de imagens aleatórias do Street View. Mesmo competindo com alguns "veteranos", o sistema de inteligência artificial ganhou 28 rondas (de 50), com uma média de erro de apenas 1130Km, menos de metade da média de erro dos seus concorrentes humanos.

1 comentário:

  1. Sempre que leio estas notícias recordo uma cena duma banda desenhada da série XIII que li por volta de 1989 onde para o herói encontrar o local onde tinha sido tirada uma foto fazem um scan da linha das montanhas através duma caneta digital que insere essa informação no computador, obtendo a resposta. Mais de 25 anos depois, parece que aquela realidade chegou.

    ResponderEliminar

[pub]