2016/03/07

Vodafone elimina tarifas de Roaming na Europa


A Vodafone antecipou-se ao ao fim anunciado das taxas de roaming, e anuncia a eliminação das mesmas já a partir de hoje, para chamadas telefónicas, SMS e utilização de dados na Europa.

A Vodafone há muito que tem sido o operador que mais amigo tem sido do roaming; primeiro oferecendo a possibilidade de se desfrutar do mesmo tarifário que se tinha em Portugal em qualquer país da Europa com o pagamento de um valor fixo; depois com várias campanhas promocionais temporárias que eliminavam as taxas extra. Agora, com o fim do roaming no horizonte, a Vodafone adianta-se e acaba com o desespero de esperar até lá, eliminando as tarifas de roaming a partir de hoje.

Esta abolição das taxas de roaming na Europa é válida para todos os clientes que aderirem aos novos tarifários Vodafone RED ou pacotes TvNetVoz+Móvel), que passam a poder usar o seu smartphone em qualquer país Europeu como se estivessem em Portugal, sem qualquer custo adicional.

Uma excelente notícia para todos os que frequentemente têm que viajar entre diferentes países mas não desejam estar continuamente a trocar para cartões SIM locais para evitar despesas inesperadas.

Só se pedia era que a Vodafone já passasse o limite de dados neste tarifário RED (€27,50/mês) para 1GB, pois oferecer 400MB promocionais (que ao fim de 12 meses passam a 200MB) é ridículo nesta altura (mesmo oferecendo a possibilidade de ter mais 2GB por mais 5€/mês, que se aplicam também a todos os números extra associados).

15 comentários:

  1. A somar ao teu último parágrafo, ainda adiciono que é ainda mais "ridículo" a própria vodadone ter tarifários como o Yorn X (5gb) que não requerem fidelização, têm bastante mais net, chamadas e sms grátis para todos, e ainda subscrição spotify gratuita, por apenas aproximadamente 17,9€ mês.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse Yorn X tem aquela limitação de idade de 25 anos também?

      Eliminar
    2. Sim é verdade. Mas de às vezes fazem "promoção" e abrem a maiores de 25 caso já sejam vodafone. Foi assim que consegui aderir

      Eliminar
    3. Se ligares para lá consegues sempre aderir, foi assim que eu fiz. Tens é de ser yorn... O que eu fiz foi passar o meu tarifário vitamina para um yorn qualquer e depois alterar outra vez para o Yorn X 5Gb / mês ligando para lá.
      Atenção que para maiores de 25 só conseguem mesmo alterar para o de 5Gb/mês, quem quiser o de 1Gb por exemplo não consegue.

      Eliminar
  2. Que notícia fantástica.
    Isto tem que fazer mexer o mercado...

    ResponderEliminar
  3. Só é de lamentar que a Vodafone dê grande destaque a esta oferta mas depois as "letras miudinhas" digam que este roaming gratuito na UE esteja limitado a 200 minutos + 200 SMS + 200 MB por mês e ainda a uns fantásticos 15 dias por ano!!!!!
    Mais uma vez, os operadores a considerar que os portugueses são burros!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que seja um lapso na actualização da informação do tarifário, senão... acaba por ser publicidade enganosa. :(

      Senão, a resposta dos outros operadores:
      "Oferecemos o roaming!*"

      * - Limitado a 1 minuto/SMS/MB por ano.

      Eliminar
  4. Tchii... 15 minutos por... ANO...?!?!?!?!?

    Sou cliente Vodafone há quase 20 anos, mas assim... :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não é assim tão mau, não são 15 minutos por ano, são 15 dias ;-)

      Eliminar
    2. Ooops! Acho que estou a precisar de trocar de lentes dos óculos... :p

      Eliminar
  5. Efectuar chamadas como se estivesse em Portugal, mas eu tenho uma dúvida em relação às chamadas realizadas dentro do país onde nos encontramos. Por exemplo :agora se vou para Alemanha e se efectuar uma chamada para um número local pago por volta de 16 cêntimos (tarifa do roaming actual), e com as novas regras vamos pagar quanto? Uma chamada internacional conforme o tarifário (por volta de 40 cêntimos?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma boa "novidade", mas diga-se que as limitações não agradam a "ninguém". Publicitar o fim das taxas com prazo máximo de 15 dias anuais e controlo apertado dos Minutos/SMS/MB não é o mais benéfico para os seus clientes. Na verdade essa política já vigorava, o que realmente aboliram foi a taxa diária em Roaming que, salvo erro, era de 2,99€.
      Mas tudo bem, esperemos ao menos que em breve (antes de 2017) não seja praticado um consumo permitido tão restrito.

      Eu olho para tarifários similares a este RED (lá fora -que não obrigam a fidelização-) e realmente dá que pensar. Quando é que a Vodafone PT se lembra de lançar um tarifário móvel em linha com o seu 3Pay de entrada, igualmente competitivo?.

      Já agora, mexeram novamente na oferta 4P. Dobraram a velocidade (Down e Up) para os 200Mbit/s e aumentaram 0,60€ à mensalidade.

      Eliminar
  6. Então alguém que avise a própria Vodafone acerca destas alterações, pois parecem não ter conhecimento disso.
    Passo a explicar: vou ter que me ausentar do país em trabalho no decorrer da próxima semana. Contactei a Vodafone para me informar devidamente acerca das tarifas de roaming e a resposta que me deram foi que tinha 3 alternativas:
    1. Taxação ao minuto (um x por cada minuto/sms enviada/recebida)
    2. Alterar o tarifário e por mais 1€ ter 200 minutos em roaming
    3. O easy romanig que basicamente consiste em pagar 2.99€/dia para ter acesso ao pacote de minutos/dados incluídos no meu tarifário

    ResponderEliminar
  7. Mais uma vez publicidade enganosa... anunciam como se fosse pra todos!! Mas depois é so entre-linhas...
    O que vale é q como sou Red posso usar os €2,99 por dia e usar o meu tarifario como se ca tratasse.

    ResponderEliminar
  8. Ora cá está mais um exemplo de um plano que nos faria sonhar, desta vez pela mão da Bouygues Telecom em resposta às ofensivas constantes daquele mercado, ainda que promocional:

    https://www.bouyguestelecom.fr/serie-limitee-exclu-web#

    20GB 3G/4G;
    Chamadas/SMS/MMS ilimitadas (inclusive fixos estrangeiros);
    Sem fidelização;
    3,99€ durante um ano.

    Não é que defenda este tipo de preços (pois nenhuma operadora ganhará com isso a longo prazo), mas é um exemplo da discrepância face aos nossos planos por cá (que prometem por ex: 3GB no móvel como se fosse uma coisa do outro mundo) e outras coisa mais.

    Quero com isto dizer que, se os nossos RED's Unlimited's, 1º móvel agregado, etc, fossem vendidos a metade do preço atual, ainda se poderiam considerar uma roubalheira...

    Se assim continuamos (com preços abusivos nos tarifários móveis e nos 3P-excepto a Vodafone), pode ser que quando acabar o roaming em definitivo nos obriguem a "contornar" ao esquema à boa maneira Portuguesa...

    ResponderEliminar

[pub]