2016/04/15

Fotógrafo russo identifica as pessoas com quem se cruza, nas rede sociais


Não será propriamente uma surpresa, mas poderá surpreender aqueles que pensavam que isto ainda estaria a alguns anos de distância: um fotógrafo russo tem dedicado parte do seu tempo a identificar as pessoas com que se vai cruzando no metro, recorrendo às fotos que existem nas redes sociais.

O caso não é "revolucionário", pois há muito que existem serviços que aplicam o reconhecimento facial às nossas galerias de fotos, para facilitarem a identificação dos nossos amigos e familiares. O Facebook e o Google fazem isso há bastante tempo, mas é algo que tem estado restringido aos EUA para evitarem chatices acrescidas com as questões de privacidade na Europa.

Neste caso, este fotógrafo russo tem utilizado o serviço FindFace, que mantém um registo de todas as fotos na VKontakte, a maior rede social russa, e utiliza inteligência artificial e reconhecimento facial para tentar identificar o rosto de qualquer pessoa. Segundo Yegor Tsvetkov, o sistema permite-lhe identificar cerca de 70% das pessoas a quem tira fotos no metro, permitindo-lhe saber "tudo" sobre elas (dentro do que partilham publicamente, claro.)


No entanto, o intuito do seu projecto não era unicamente demonstrar esta capacidade de identificação das pessoas, que se irá tornando cada vez mais natural e global no futuro - fazendo com que seja uma questão de tempo até que seja possível apontar um smartphone para uma multidão e ter informação sobre toda e cada pessoa que tiver o seu rosto visível (ou até ter essa informação apresentada em smartglasses em realidade aumentada) - mas sim visualizar também as diferenças entre a aparência que estas pessoas apresentam nas redes sociais, face ao que são no seu dia a dia.

Seja como for, servirá como um sinal de alerta para todos os que já fazem todos os possíveis para manterem as suas fotos afastadas das redes sociais e dos olhares públicos; sendo que nem sempre isso é possível, pois bastará um amigo mais "social" colocar algumas fotos públicas onde vocês também pudessem estar, para "estragar" tudo.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]