2016/05/03

Notícias do dia

O WhatsApp voltou a bloqueado no Brasil, desta vez por 72h; a GeoOrbital é uma roda eléctrica para bicicletas que evita pedalar; as rádios locais também querem fatia da taxa da cópia privada; um tribunal nos EUA obrigou a desbloquear smartphone com impressão digital; e a Samsung criou uma app para proteger olhos das crianças nos tablets e smartphones.

Antes de passarmos às notícias do dia, não deixes de escolher o ebook da FCA que teremos para oferecer esta semana.

Índia rejeita pedido da Apple para importar iPhones usados



A Apple terá que arranjar outra táctica para aumentar as vendas no apetecível mercado Indiano (com mais de mil milhões de potenciais clientes). Neste mercado onde o preço é o baixo preço é essencial, a Apple tinha pedido autorização para importar e vender iPhones usados, que poderia comercializar a preço mais reduzido. Mas o governo Indiano não terá gostado da ideia de se tornar no "caixote de lixo" mundial dos iPhones dos outros países, tendo depois que lidar com as questões da sua reciclagem e tratamento dos resíduos - quando isso já é um dos grandes problemas do país.

Depois da Apple ter baixado os preços com o iPhone SE... será que o próximo passo será um iPhone ainda mais económico "SE-SE"?


Fiat Chrysler faz parceria com a Google para criar minivan autónoma



Poderá um dos primeiros automóveis comerciais com tecnologia da Google para condução autónoma ser uma minivan? Parecem ser essas as intenções da Fiat Chrysler, que parece ter feito uma parceria com a Google para aplicar a sua tecnologia de condução autónoma no seu novo modelo Pacifica.

Por agora ainda serão protótipos destinados a testes... mas parece ficar cada vez mais claro que o dia em que os carros começarão a dispensar o condutor se parece estar a aproximar a passos largos.


Bug no iOS deixa criar pastas circulares


Bugs, bugs, e mais bugs... os anos passam e os bugs parecem resistir a todas as tentativas de se acabarem com eles, e muitas vezes com efeitos curiosos. Um deles permite criar pastas circulares no iOS, bastando para isso escolher uma determinada imagem como imagem de fundo num iPhone.




Membro do W3C promete demitir-se se o DRM foi adicionado aos standards Web



O DRM é um dos temas que infelizmente é recorrente no nosso mundo digital, e há quem considere que por vezes há que traçar a linha do (in)admissível. Um funcionário do W3C (World Wide Web Consortium) diz ter chegado esse momento, e que se demitirá caso o DRM seja adicionado aos standards web, como alguns têm proposto.

Curiosamente, isso é feito sempre com a desculpa de que será benéfico para os utilizadores, pois permitirá trazer-lhes "mais serviços que de outra forma não estariam disponíveis". Tretas... fiquem lá com o DRM, e com os serviços que não estiverem interessados em funcionar sem eles... que os consumidores não terão falta de conteúdos sem DRM com que se entreter. (E veremos quanto tempo esses serviços que tentam impingir o DRM se aguentarão sem público para os ver, ler, ouvir.)


Curtas do dia


Resumo da madrugada

2 comentários:

  1. O drm é realmente uma chatisse na era digital, recentemente troquei de e reader da Amazon para o kobo e todas as obras compradas ou até mesmo transferidas do repositório gratuito estavam encriptadas e inacessíveis. Por outro lado, nada me impede e duplicar o ficheiro e garantir que não há necessidade de compensar o autor depois da primeira cópia vir a público. Não acho que seja um tema que só unívoco como possa parecer

    ResponderEliminar
  2. Vamos lá ver uma coisa. Eu prefiro que o DRM seja standard. Como utilizador linux, prefiro poder aceder a conteúdos DRM do que simplesmente cada um fazer o seu sistema que só funciona em Windows. Pensar que se combate o DRM não o standarizando é ingénuo.

    ResponderEliminar

[pub]