2016/08/06

Rover lunar chinês Jade Rabbit deverá ter cessado operações definitivamente


Não é só em Marte que temos rovers que têm conseguido manter-se funcionais muito para além do período para o qual foram concebidos. Também na Lua o rover chinês Jade Rabbit conseguiu bater recordes, mas parece que a sua aventura chegou ao fim.

O Jade Rabbit chinês chegou à Lua com sucesso, mas pouco tempo depois um problema deixava-o vulnerável às longas noites lunares (que duram 14 dos nossos dias) e receava-se que não resistisse. Mas, contra todas as expectativas, o Jade Rabbit regressou à vida em 2014, e desde então tem ajudado a explorar o nosso satélite natural, e até fez algumas descobertas significativas, como a existência de diferentes tipos de rocha na Lua, o que tem intrigado os geólogos.

Mas agora parece que o adeus é definitivo, e os responsáveis pela missão dizem que desta vez não há mesmo esperanças de que o Jade Rabbit regresse à vida.

É preciso ter em conta que estamos a falar de um rover que tinha sido concebido para funcionar cerca de 3 meses na Lua... mas que conseguiu fazê-lo durante 30 meses - obtendo o recorde de duração em actividade de um rover na Lua. O mais importante terá mesmo sido a demonstração que, mesmo estando aqui ao nosso lado, a Lua ainda parece ter muito por explorar, o que certamente irá potenciar futuras missões (e talvez até o regresso das missões tripuladas até lá?)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]