2016/10/06

Google Switch Adapter facilita migração para os novos Pixel


A Google há muito que tenta facilitar a vida de quem compra um smartphone, facilitando o processo de transferência do smartphone anterior para o novo, mas nos novos Pixel vai ainda mais longe, estreando o adaptador Quick Switch.

Este Google Switch Adapter é um pequeno adaptador USB que permite a migração de dados de forma quase imediata do anterior smartphone para o novo Pixel, aplicando-se tanto a dispositivos Android como também iPhones (desde que tenham Android 5.0 ou mais recente, e iOS 8 ou mais recente).

O processo de transferência encarrega-se de copiar coisas como os contactos, fotos e vídeos, eventos dos calendários, música, mensagens (SMS e iMessage), mas o utilizador pode definir quais pretende transferir ou não. São coisas que já eram possíveis de uma forma ou de outra (o próprio Android já dispunha de um processo de transferência via NFC), mas que assim ficam mais facilitadas e podem ser explicadas de uma forma que qualquer pessoa poderá perceber facilmente: "basta ligar o cabo!"

Novamente, tal como acontece com a funcionalidade de assistência remota, é uma novidade que vem confirmar que a Google tem esperança que o Pixel apele aos utilizadores "comuns" e não apenas ao público maioritariamente técnico que tradicionalmente optava pelos Nexus. O desejo pode ser esse, equiparando-se aos produtos da Apple e Samsung, que se tornaram objectos de desejo do mercado; mas há que relembrar que para isso há que conquistar os clientes... começando pela "paixão à primeira vista".

Quem olhar para um iPhone 7 ou um S7 poderá sentir-se imediatamente atraído por eles... mas até ao momento isso parece não estar a acontecer com os Pixel. Talvez isso venha a mudar quando se tiver oportunidade de pegar num destes smartphones e sentir a sua qualidade em primeira mão, e que até se possa perdoar as margens generosas em torno do ecrã (o iPhone também as tem), e que as melhorias feitas na qualidade da câmara e tempos de resposta façam toda a diferença. Mas até lá... é aconselhável a habitual dose de cepticismo saudável.

1 comentário:

  1. Esta sinceramente não percebi... Ora portanto, a Google aposta forte na cloud. As apps Google são baseadas na cloud, e as que não são de forma nativa como o Phone (listagem de chamadas), Messages (SMS, para quem não tenha o Hangouts associado por exemplo), alarmes e as definições do próprio dispositivo (perfis de audio, brilho, notificações, etc) não o são porque a Google não quer...
    É uma empresa verde e preocupada com o ambiente, mas decide criar e comercializar um micro acessório que será usado quantas vezes por cada utilizador? Ao ritmo com que a tecnologia, os protocolos, a segurança e o hardware evolui amanhã já será necessário o Google Switch Adapter 2.0 porque o 1.0 deixou de ser compatível com o USB 4 type E, ou com o protocolo de segurança xpto2... Enfim... parece-me mesmo que é falta de foco no core business da Google e mais uma empresa a entrar no departamento dos pseudo gadgets que bem vistas as coisas não servem para nada mas é cool de mostrar aos outros que temos.

    ResponderEliminar

[pub]