2016/11/07

Seagate FireCuda SSHD leva 2TB acelerados aos portáteis

Para quem valoriza a capacidade dos discos mas não está disposto a pagar os preços exorbitantes dos SSDs de 1TB ou 2TB, a opção por um SSHD pode ser uma boa opção, e a Seagate tem os novos FireCuda para dar resposta a quem os procurar.

Os SSHD (solid-state hybrid drives) combinam um disco rígido tradicional com alguns gigabytes de memória flash como a dos SSDs, que é usada para manter os ficheiros mais usados acessíveis de forma imediata. Embora não seja substituto para um SSD a sério, o seu preço é muito mais acessível e permite ter algumas das suas vantagens.

Ao contrário do que acontece com  aquele disco de 2.5" de 5TB de que falamos (com preço astronómico), estes FireCuda de 2.5" com capacidades de 500GB, 1TB e 2TB, pode ser instalado em portáteis pois tem apenas 7mm de altura. Outra novidade é que este é o primeiro disco SSHD a utilizar o sistema de gravação SMR (shingled magnetic recording) em que as faixas magnéticas estão parcialmente sobrepostas, como telhas de um telhado - o que permite aumentar a densidade de informação, mas com a desvantagem de ter que regravar todo um sector mesmo que se quisesse alterar apenas um byte (na verdade, algo semelhante ao que acontece nas memórias flash dos SSD.)

A Seagate anuncia velocidades de 140MB/s, cache de 128MB, e latência de 5.6ms, e o preço da versão de 2TB com 8GB de memória flash deve ficar-se pelos 100 dólares, o que me parece excelente tendo em conta os benefícios dos SSHD face aos discos normais. (Sou fã dos SSHD desde o tempo em que recomendei a utilização deles na PS4 em 2013; na altura um de 1TB custava tanto, ou mais que agora este de 2TB. :)

2 comentários:

  1. Cuidado que discos com SMR têm velocidades de escrita desastrosas! Mesmo com a NAND auxiliar nunca recomendaria, por exemplo, ter o SO num disco destes.

    ResponderEliminar
  2. Para quando a disponibilidade em Portugal?

    ResponderEliminar

[pub]