2017/03/06

QNAP apresenta resultados de 2016


A QNAP esteve em Lisboa para fazer um ponto de situação da sua actividade em Portugal. A empresa com sede em Taiwan fez-se representar por Adrian Groba, responsável pelas áreas de vendas e marketing para a Península Ibérica.

Segundo os dados fornecidos pela empresa, a QNAP detém entre a 17 a 18% de quota de mercado, 1% acima da Synology, que aparece na segunda posição. O ano de 2016 foi um excelente ano para a marca em Portugal, tendo registado um crescimento de 62%. As expectativas a nível global são bastante optimistas, com a previsão de um crescimento anual de 9,06% no segmento de pequeno e médio negócio e 13,06% no mercado doméstico, até 2020. A suportar estas previsões, está um crescimento do mercado na ordem dos 70%, para um volume total de 2,36 mil milhões de dólares.

No sector profissional, o destaque nos novos modelos vai para o suporte para ligações Thunderbolt, USB 3.1 tipo c e discos SSD M.2, com processadores i7 de 7ª geração. O NAS TS-453 mini que recentemente foi alvo de análise, já tem um sucessor, devendo o TS 435B mini chegar em breve ao mercado. Para mais tarde, está previsto um router/NAS para o mercado doméstico.

O QTS 4.3 está em fase beta, estando disponível para testes nos modelos suportados. Uma das grandes novidades é o suporte para o serviço IFTTT, que com as suas inúmeras receitas promete revolucionar a forma como o NAS é utilizado.

As crescentes necessidades de armazenamento, tanto a nível doméstico, como das pequenas e médias empresas faz com que a QNAP vá certamente ser uma marca sobre a qual iremos continuar a ouvir falar frequentemente ao longo deste ano de 2017.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]