2017/04/26

Verifica que apps e serviços têm acesso às tuas contas


É fácil perder noção de todos os serviços extra que podem ter acesso aos nossos dados, pelo que nada como fazer uma revisão dos mesmos de tempos a tempos.

O recente caso do unroll.me vender dados dos utilizadores ao espiar os seus emails serve apenas de exemplo para que se tenha especial cuidado sempre que damos acesso a apps ou serviços de terceiros. Felizmente é relativamente simples ver que serviços temos associados às diferentes plataformas que usamos, e cortar tudo aquilo que consideramos dispensável.

Google

Temos que ir até "Apps Connected to Your Account Page" (Profile picture > My Accounts > Sign in & Security > Connected apps & sites > Manage apps). Depois é só clicar nas apps dispensáveis e clicar em "Remove".

Microsoft

Ir até à "Apps page" (Accounts > Privacy, fazer scroll até Apps and Services). Fazer Edit > Remove em todas as apps que já não fizerem sentido manter associadas à vossa conta.

Yahoo!

Ir até "Manage App and Website Connections" (profile icon > Account Info > Recent Activity), e remover as apps.

No caso do Flickr, será necessário repetir o processo no "App Garden Page" (Profile > Settings > Sharing & Extending > Edit no Account Links).

Facebook

Ir até à secção das apps (Settings > Apps > App Settings > Show All), manter o rato sobre a app a remover e clicar no X que aparece.

Twitter

Ir até à secção das apps  (Profile picture > Settings and Privacy > Apps), e fazer Revoke Access nas apps que já não se queira que tenham acesso à nossa conta ou dados.

Instagram

Ir até à página das Authorized Applications (gear icon > Authorized Apps - na web app). Fazer Revoke Access para as apps a remover.

LinkedIn

Ir até à secção Permitted Services (Profile > Account > Partners and Third Parties) e fazer Revoke junto dos serviços indesejados - embora por vezes seja complicado perceber o que sejam.

Dropbox

Ir até à página de Apps Linked (Profile Icon > Settings > Security). No fundo da página veremos a lista de apps a que demos acesso ao Dropbox, bastando seleccionar aquelas que queremos remover e fazer uninstall.


[via LifeHacker]

5 comentários:

  1. Excelente. Autêntico serviço público. Obrigado.

    ResponderEliminar
  2. Eu não sei até que ponto é que a playstore da google protege os utilizadores. Hoje em dia, é comum encontrar apps que pedem acesso a tudo e mais alguma coisa. Se for uma app das grandes empresas suponho que possamos estar mais descansados, mas uma app desconhecida a pedir acesso às fotos, à camera, ao wifi, à ID, etc., sem que saibamos o porquê dessas necessidades, faz com que das duas uma, ou não instalamos app nenhuma com medo, ou abrimos o caminho para que os nossos dados sejam acedidos com imensa facilidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em tempos já deixei de instalar apps por achar que pediam permissões exageradas. Felizmente agora isso já não é necessário, pois podemos usar a app sem dar as permissões que não se quiser dar (a não ser claro, que se recuse dar as permissões que app necessite para funcionar, tipo uma app de navegação a que se recuse dar acesso à localização. :)

      Eliminar
    2. Dois aspetos: as apps podem realmente pedir acesso a algo para funcionar, mas depois abusar dessas permissões. Por outro lado, como podemos nós usar a app sem dar as permissões? Suponho que te estejas a referir ao bloqueio no próprio android? Isso estará limitado à versão 6 e 7 se não me engano. Assim sendo, continua a ser um grande problema porque a maior parte dos androids que por aí andam têm versões anteriores.

      Um dia destes estava a instalar uma montanha de jogos para a minha sobrinha e esta área é uma verdadeira mina para a aldrabice. Jogos que até parecem interessantes e bem feitos, sempre a pedir permissões para tudo sem razão aparente (já para não falar das publicidades e compras nas aplicações). Eu que até percebo do assunto, demorei imenso tempo a encontrar apps "válidas", úteis e pouco abusivas. Qualquer "dona de casa" que pouco percebe de telemóveis "destrói" o aparelho em 5 minutos ao tentar entreter os filhos com um jogo qualquer.

      Eliminar

[pub]