2017/05/24

Lâmpadas inteligentes da IKEA vão ter compatibilidade HomeKit, Google Home e Alexa


Quando a IKEA anunciou o seu sistema de iluminação inteligente Tradfri, o único pormenor que deixava a desejar era a falta de integração com serviços externos. Felizmente, é algo que será resolvido antes do final do ano.

A IKEA anunciou que a sua família de lâmpadas inteligentes Tradfri irá ganhar compatibilidade com o HomeKit da Apple, o Google Home e a Alexa da Amazon já a partir deste Verão.

Refira-se que o sistema da IKEA utiliza ZigBee, que é um sistema aberto e facilita a sua integração com outras soluções, mas no entanto não é referido se esta compatibilidade será disponibilizada para os gateways já no mercado ou se apenas ficará disponível para uma nova versão dos mesmos (a compatibilidade com o HomeKit da Apple vem normalmente acompanhada de alguns requisitos adicionais em termos de segurança - mas pode dar-se o caso da IKEA já ter tido isso em consideração desde o início).

Seja como for, é uma excelente notícia que tornará ainda mais apetecível este sistema da IKEA, e que provavelmente se arrisca a roubar mais alguns potenciais clientes que estivessem a considerar a compra de lâmpadas Philips Hue.

5 comentários:

  1. nao entendo como nao lançaram nenhuma rgb

    ResponderEliminar
  2. Comprei uns kits destes do IKEA há cerca de 1 mes e na altura antes de comprar andei a ler em foruns se havia previsões de vir a ser compativel com o Google Home, e do que li havia ainda algumas duvidas pois o IKEA não lançou em todos os países no inicio, e o Google Home idem, sendo que só recentemente é que começou a existir o overlap que criou esta procura. Mas ao que percebi o protocolo que o IKEA usa já tem bastante segurança e encriptação na comunicação. Mas a ideia que fiquei é que o IKEA ainda este ano ainda iria disponibilizar um API aberto para terceiros poderem fazer a integração que bem entenderem.
    Também já há malta que já faz reverse engeneering à comunicação e já o meteu a falar com o Google Home e alexa ainda que de forma não oficial, conforme se pode ver neste video:
    https://www.youtube.com/watch?v=LGcP3bO68Gw
    De qq forma espero mesmo que ainda este ano o Google Home também seja lançado por cá assim como o Pixel 2 (que o meu Nexus 6P já está a precisar de substituto).

    ResponderEliminar
  3. Na minha opinião a iluminação é das coisas menos interessantes da domótica. Pode ser útil em casas muito grandes por exemplo, mas de resto não vejo grande diferença entre um sistema de domótica propriamente dito e um simples comando à distância para comandar sets de luzes. Úteis mesmo são coisas tais como adaptadores de tomadas, termostatos ligados ao sistema de climatização, sensores de presença e movimento, sistemas de alarmes, fechaduras electrónicas. Nisto sim, a integração numa solução tipo home kit vale mesmo a pena.

    ResponderEliminar

[pub]