2017/08/15

Opera Max VPN chega ao fim


Numa altura em que se descobre que o Facebook usa a VPN da Onavo para espiar os serviços rivais chega-nos a infeliz notícia de que a Opera vai por um ponto final no seu serviço de VPN Opera Max.

O Opera Max não só nos oferecia uma camada adicional de segurança via VPN, como também nos permitia poupar dados ao efectuar compressão de forma automática e transparente, ideal para lidar com sites que abusam do tamanho das imagens e da qualidade de vídeo sem necessidade.

Era um serviço excelente, mas o facto de ser gratuito também já fazia antecipar de que eventualmente algo teria que mudar. O ano passado o Opera Max começou a "chatear" os utilizadores para regressarem regularmente à app para acumularem tempo de utilização, e isso já poderia ser visto como um sinal de que as coisas não estariam a correr da forma que a Opera desejava. E agora, chega a notícia que se temia, de que o Opera Max chega ao fim.

As apps já foram removidas das app stores, mas quem estiver a utilizar o serviço ainda poderá continuar a utilizá-lo por mais algum tempo, embora seja algo que inevitavelmente vá terminar numa questão de semanas / meses; pelo que os actuais utilizadores melhor começarão a procurar por serviços alternativos desde já.


... O ideal mesmo é que a Google se deixasse de tretas e disponibilizasse o seu serviço de VPN gratuito e com compressão de dados para todos, pois afinal até já o faz nalguns países através do WiFi Assistant e Project Fi.

7 comentários:

  1. O Opera foi comprado pelos chineses. Na China a sua VPN deve ter sido proibida, como as restantes. Fora da China, o facto de ser chinesa deve ter levantado desconfianças e baixa utilização.
    Nas gratuitas provavelmente é melhor escolher um "diabo conhecido", daqueles em que as autoridades andam em cima, ou que pensam duas vezes nos efeitos na sua reputação se não cumprirem a sua política de privacidade e termos de utilização.
    Aqui não vejo diferença entre a Facebook e a Google. Nem imagino a Google a não utilizar a informação obtida através da sua VPN tal como a Facebook.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é que a Google já tem esses dados, quer uses VPNs ou não... ou não tivesse o browser mais popular, e plataforma mobile mais popular, e serviços online dos mais utilizados, etc. etc. (sim, é assustador se se for a pensar no poder de tudo isso...)

      Eliminar
    2. Bem, sem uma VPN não sabe o que se diz que a Facebook soube com a sua sobre o uso das apps como Snapchat, Instagram e WhatsApp - a menos que seja o próprio Android a dizer-lhe ... mas ainda sobra o iOS :)

      Eliminar
    3. De certeza que algures nos logs de sistema para efeitos de "melhoramento" do mesmo, está a informação de que apps abrimos, quando, e por quanto tempo... (tanto no Android como no iOS).

      Eliminar
  2. Que notícia tão triste...
    Uso sempre que necessito ir ao YouTube em escolas, no emprego, etc. a título pessoal.
    Bolas...

    ResponderEliminar
  3. Que notícia tão triste...
    Uso sempre que necessito ir ao YouTube em escolas, no emprego, etc. a título pessoal.
    Bolas...

    ResponderEliminar
  4. No Android 8 o Wi-Fi assistant está a funcionar em portugal... ou vai funcionando! :)

    Perguntou-me uma vez se queria usar numa rede aberta e disse que sim. Mas depois desse dia nunca mais funcionou. No entanto, se for ao menu VPN aparece lá o Wi-Fi Assistant e posso forçar "usar sempre" e funciona.

    ResponderEliminar

[pub]