2017/08/29

Uber vai deixar de seguir localização dos utilizadores após fecharem a app


A próxima actualização da app da Uber vai finalmente permitir que os utilizadores optem por não serem seguidos após terem saído da app.

No final do ano passado a Uber tomou a polémica decisão de exigir saber a localização dos utilizadores de forma contínua mesmo quando não estavam a executar a app - dizendo que tal só seria usado durante cinco minutos após o fim de uma viagem, para "melhorar o serviço e a segurança". Foi uma decisão que, acima de tudo, removia a opção de escolha da mão dos utilizadores; sendo que se a quisessem evitar teriam que manualmente desactivar completamente o acesso à localização de cada vez que saíssem da app... para o voltar a activar manualmente sempre que a quisessem utilizar novamente.

Com um novo CEO aos comandos que terá por missão "limpar a imagem" da Uber (mais mais certamente como parte do acordo que fez com a FTC quanto à privacidade dos dados dos utilizadores) começa já por dar um importante passo nesse sentido, pois a app deixará de exigir este acesso integral à localização, voltando a permitir a opção de se dar acesso à localização apenas quando se está a utilizar a app, que será a opção mais confortável para todos os utilizadores que valorizem a sua privacidade (embora nem sempre isso seja garantia de que não sabem por onde andamos).

... Por outro lado, é uma medida que chega tarde e estaria prestes a tornar-se inconsequente, pois com a chegada do iOS 11 o sistema não só vai denunciar todas as apps que estiverem a aceder à localização de forma bem visível, como também as irá forçar a utilizar as opções de acesso à localização que os utilizadores definirem.

Actualização (22/09/2017): como esperado, a app já permite aceder à localização apenas enquanto está a ser usada.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]