2017/09/28

ZTE prepara smartphone com ecrã dobrável

As intenções da Samsung ser a primeira a lançar um smartphone com ecrã dobrável poderão ficar por terra com a antecipação da ZTE, que poderá apresentar um destes modelos já no próximo mês.


Os smartphones com um ecrã a ocupar a quase totalidade da frente do smartphone, são a grande tendência do momento, com as diferentes marcas a apresentarem as suas propostas. A Xiaomi voltou a liderar este processo com o lançamento do Mi Mix 2 e claro, já está a ser seguido por um elevado número de propostas alternativas de outros fabricantes.

Quando se fala de um ecrã dobrável, há um nome que vem para cima da mesa, ou não tivesse a Samsung já apresentado publicamente várias versões de um ecrã capaz de se dobrar. Se houvesse um nome a apostar, seria por certo na marca Sul-Coreana, mas a ZTE parece estar empenhada em roubar-lhe esse protagonismo.


Poderá ser a ZTE a apresentar um smartphone com ecrã dobrável e bem mais cedo do que se imaginaria. Nos convites que foram distribuídos, o Axon Multy, ou Axon M, vai ser apresentado já no próximo dia 17 de Outubro; curiosamente, um dia depois do evento em que a Huawei vai dar a conhecer o seu Mate 10.

O Axon M, a acreditar nos rumores agora divulgados, tem um duplo ecrã Full HD, que se transforma num ecrã único de 6,8", com uma resolução 1920 x 2160. Quando dobrado, o equipamento terá o formato de um smartphone convencional, embora com uma espessura maior que o habitual.

Este tipo de ecrã poderá ser a porta de entrada para um novo modelo de utilização, com o smartphone a permitir a substituição do PC como equipamento de trabalho, através da utilização do tal ecrã dobrável com uma maior área para apresentação de conteúdos. Estará assim para breve uma revolução na forma como utilizamos o computador pessoal e os smartphones?

4 comentários:

  1. Isto basicamente é um flip phone com dois ecrãs com margens reduzidas e não um ecrã OLED dobrável como temos visto em alguns protótipos, é um bocado diferente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, a não ser que o design seja outro e a ZTE não quisesse revelar o mesmo.
      Caso seja este na imagem, é como estarem a vender banha da cobra e vão ficar mal na fotografia...

      Eliminar
    2. Não necessariamente... aquele sistema mecânico não impede que "lá dentro" se use um ecrã flexível completo de uma ponta à outra.

      Eliminar
    3. Hmm... acho que há pouca margem para ser um ecrã dobrável. Segundo esta foto são claramente 2 peças, 2 ecrãs, ajustaveis na posição. O que não deixa de ser uma proposta inovadora, e ficamos com curiosidade para ver como poderá ser a UX.

      Eliminar

[pub]