2017/11/03

iPhone SE "barato" duplica vendas da Apple na Índia


Há muito que se sabe que a Apple tem que baixar os preços para continuar a vender, mas a táctica incomum de como o está a fazer parece estar a resultar, mesmo enquanto aumenta substancialmente o preço do seu topo de gama.

Enquanto a atenção do mundo se vira para o iPhone X e o seu preço exorbitante, em certas partes do mundo é no extremo oposto que se verificam os resultados da estratégia da Apple. Mantendo a venda dos iPhones dos anos anteriores - iPhone SE, 6S, e 7 - a Apple fica finalmente com uma família de iPhones para todos os preços, e onde o iPhone SE se torna num modelo bastante interessante para quem procura entrar no mundo do iOS.

Que o digam os indianos, mercado em que a Apple estava a registar perdas significativas, e que com o iPhone SE a $349 conseguiu duplicar as vendas no quarto trimestre face ao mesmo período no ano passado.


Também por cá vejo muitas pessoas que depois de terem ficado desiludidas com modelos Android de gama média, equacionam "saltar" para o outro lado, precisamente por terem o SE num patamar de preço (349 euros) que consideram "aceitável" - em vez dos mais de 500 ou 600 euros que tradicionalmente teriam que gastar para ter um iPhone.

Claro que a questão mantém-se, de que no campo do Android temos opções muito mais variadas e economicamente atractivas, e que no patamar dos 349 euros já nos permitem praticamente comprar um modelo "topo de gama". Mas... para quem fizer questão de querer um iPhone com iOS, essas são opções que estão eliminadas logo à partida (porque de resto, um Mi A1 de 177 euros seria mais que suficiente para deixar satisfeitas 99% das pessoas! :)

2 comentários:

  1. E quem quer um telefone compacto e que dure alguns anos, qual é a opção android? Estou nessa procura, mas o SE a 292€ na amazon está muito tentador.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compacto é mais complicado... A Xiaomi bem que podia lançar um de 5" com Android One.

      Eliminar

[pub]