2017/12/10

Nova Xiaomi Yeelight de cabeceira vem com WiFi + BT


A Xiaomi prepara algumas alterações nos seus produtos para casas inteligentes no próximo ano, e para isso vai contar com produtos renovados como é o caso da lâmpada Yeelight de cabeceira, que passa a servir de gateway Bluetooth - WiFi.

Embora a Xiaomi tenha na sua família de sensores e actuadores ZigBee (a par do seu gateway) um grande trunfo para quem procura dar inteligência à sua casa a baixo custo, para o próximo ano a Xiaomi parece estar interessada em apostar também no Bluetooth... resolvendo um dos seus maiores problemas.

Embora não faltem dispositivos "smart" com ligação bluetooth, o problema é que esses produtos normalmente ficam emparelhados com um único smartphone, fazendo com que, assim que se saia de casa, deixe de ser possível controlá-los. Para além disso, também não são facilmente integráveis noutros sistemas, uma vez que ficando emparelhado com um smartphone muitas vezes não podem estar simultaneamente ligado a outro dispositivo de controlo, etc. etc.

Para resolver isto a Xiaomi propõe sensores Bluetooth, mas que ficarão ligados ao seu sistema através de outros dispositivos que actuam como gateway, como é o caso da nova Yeelight de cabeceira que já está disponível por 42 euros.


Esta lâmpada continua a ter a possibilidade de ser controlada manualmente tocando-se no seu topo, ajustando a intensidade, cor ou tonalidade de branco, mas também passa a funcionar como qualquer outra lâmpada Yeelight que pode ser ajustada remotamente através da app da Xiaomi, ou integrada nas automações que se definirem.

E através dela, poderemos no próximo ano adicionar sensores Bluetooth adicionais (como os de temperatura) que através dela também passarão a estar disponíveis para serem integrados nessas automações - embora, pessoalmente, me pareça que continua a fazer mais sentido usar os sensores Zigbee para esse efeito... mas... veremos que mais dispositivos a Xiaomi está a prepara para o próximo ano.

2 comentários:

  1. Alguém sabe o que se passa com a Xiaomi na Amazon Espanha?
    É que já há mais de uma semana que esgotaram-se muitos dos seus telemóveis e nunca cheguei a ver as Xiaomi band 2 à venda por lá. Será que são problemas com a Amazon ou simplesmente a procura foi muito superior às expetativas da própria, e por isso, estão em ruptura de stock?

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar

[pub]