2018/01/09

Nextbit encerra "armazenamento unificado" na cloud


Quem acreditou no conceito de espaço unificado com a cloud do Nextbit Robin vai agora sentir na pele o lado negativo da dependência na cloud, com o encerramento do serviço Smart Storage.

Quando o smartphone Nextbit Robin foi anunciado como tendo armazenamento unificado com a cloud, era um percursor do rumo que se esperava que as coisas tomassem, de que será apenas uma questão de tempo até que a noção de espaço local num dispositivo deixe de fazer sentido, pois terá acesso indiferenciado ao espaço "ilimitado" da cloud. Mas, bem sabemos que isso também acarreta os seus riscos, pois nada dura para sempre e a Nextbit é apenas o mais recente exemplo a relembrar-nos disso.

A Nextbit, entretanto comprada pela Razer, vai encerrar o serviço Smart Storage que permitia fazer a unificação do espaço local com o espaço na cloud. Os utilizadores terão que descarregar todos os conteúdos que tiverem na cloud (caso os desejem manter), pois todos os dados serão apagados a 1 de Abril.

Esta não é a primeira vez que as empresas trocam as voltas aos clientes. A Amazon já por diversas vezes nos deu razões para desconfiar da cloud, primeiramente com o fim do espaço ilimitado para as fotos, e posteriormente com o fim do plano de espaço ilimitado; e mais uma vez se confirma que nestas coisas da dependência da cloud, não é uma questão de "se" mas sim uma questão de "quando" é que as coisas irão acabar ou ser alteradas para condições pouco vantajosas face às promessas iniciais.

... Acho que os fabricantes de NAS e discos externos agradecem, já que ainda vais sendo a opção em que pelo menos sabemos que os nossos dados ficam por nossa conta... tendo em conta algumas possíveis considerações, obviamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]