2008/10/16

Android em Portugal em Dezembro

E as minhas fontes super-secretas disseram-me que o Android G1 vai chegar a Portugal em Dezembro, portanto bem a tempo de se tornar numa boa prenda de Natal. :)

Pela Internet fora, começam a surgir as primeiras análises a este novo aparelho que muitos consideram ser o iPhone-killer.

Android Review na Engadget
Android Review na Gizmodo
Android Review por Walter Mossberg

O consenso geral parece indicar que - apesar deste Android parecer cumprir com tudo aquilo que se esperava - sofre ainda de alguns pormenores irritantes por ser um produto de primeira geração.

A obrigatoriedade de ter uma conta no Google e de utilizar exclusivamente a sincronização com os seus serviços - não sendo possível sincronizar programas tradicionais como Outlook, iCal, etc. - irá afastar alguns utilizadores (e certamente todos os que pretendessem usá-lo para uso empresarial.)
A ausência de uma ficha standard para os headphones, a impossibilidade de transferir ficheiros via USB, interface ainda pouco consistente, ausência de um teclado virtual que faz com que se tenha que estar constantemente a abrir o teclado sempre que é necessário teclar seja o que for - são outros pormenores que poderão "chatear" os utilizadores.

Mas tirando isso, a plataforma Android demonstra ser bastante sólida e promete evoluir a ritmo bastante rápido - mesmo tendo ainda alguns pormenores pouco intuitivos de utilização.

Aliás, a maior parte dos "problemas" deste Android G1 não têm a ver propriamente com o software, mas sim com o hardware deste HTC que dá corpo a este primeiro smartphone.

Não será de estranhar que rapidamente surjam outros dispositivos - com a maioria destes pormenores resolvidos - que comecem a atrair cada vez mais utilizadores para esta nova plataforma que julgo estar destinada ao sucesso.

E eventualmente - já que há quem se tenha dado ao trabalho de pôr o Windows Mobile a trabalhar no iPhone - não me importava de ter um iPhone a correr Android. :)

29 comentários:

  1. as tuas fontes q digam a data para eu ir pra fila

    ResponderEliminar
  2. "dezembro"...

    Portanto, o melhor é ir já para a fila. :)

    ResponderEliminar
  3. Vou esperar pelo o G2!! ;)

    E essa historia do WM num iPhone com uma especie de bootcamp parece-me falso... Se se olhar melhor para o video nota-se uma fluidez "anormal" para este de terminais!

    ResponderEliminar
  4. Pode ser falso, mas não é impossível... o processador do iPhone é também utilizado noutros dispositivos que correm Windows Mobile, pelo que a maior parte do trabalho seria apenas adaptá-lo ao hardware do iPhone (endereços, drivers, etc.)

    Nada que seja muito mais complicado do que a engenharia que muitos utilizam para conseguir "piratar" consolas e afins...

    E para além do mais, com os firmware jailbreaked, ainda facilitaria mais parte desse trabalho.

    Dá-lhe tempo... :)

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. http://ciberia.aeiou.pt/?st=10418

    afinal no resto da europa so pro 1º semestre de 2009

    ResponderEliminar
  7. Se assim for é pena... era óptima compra para o Natal.

    Mas quando a data se aproximar os meus contactos dar-me-ão informações mais concretas.

    Até ao momento, as informações que têm ainda apontam isto é para Dezembro.

    ResponderEliminar
  8. Já faltou mais ;) vamos ver se realmente aparece por cá antes do Natal.

    Mas já agora, está previsto estar bloqueado a algum operador (e se assim for deve aparecer a baixo dos 200€) ou desbloqueado? (neste caso qualquer pessoa o pode escolher sem mudar de operador, mas deve ficar um bocado mais caro).

    Eu estou à espera do G1 e apesar de ter 2 operadores à anos, se for preciso mudo 1 dos operadores por causa do G1.

    Claro que preferia dar 300€ por um G1 desbloqueado do que 200 por um agarrado.

    ResponderEliminar
  9. Se é ou não Des/bloqueado, não sei.

    Conhecendo as nossas operadoras, o mais provável é que seja bloqueado. :/

    ResponderEliminar
  10. "Dezembro" já amanha, ou será só Pos-Natal?

    Não queria deixar para 2009 a minha prenda do Natal de 2008 ;)

    ResponderEliminar
  11. @Mike n me parece q xegue ca antes do fim do ano.

    e a ver pelos tarifarios apresentados para inglaterra, tb n e' mt interessante.

    @Carlos axas q o luis consegue trazer uns qts? lol

    ResponderEliminar
  12. Estou a ver se consigo saber o estado actual da coisa... mal saiba, serão os segundos a saber. :)

    ResponderEliminar
  13. Pois, tenho um amigo que deve ir aos States no fim de semana, e estava a pensar pedir para me trazer um G1, mas é sempre mais complicado.
    As dúvidas que tenho:
    - Não sei se eles na loja da T-Mobile desbloqueiam o G1 logo a pedido (pagando os 400USD)
    - Apesar de dizerem que funcuina bem na europa, as frequencias cá diferem das usadas lá pela T-Mobile (3G@ 1700TX/2100RX), será que o modelo do G1 vendido em inglaterra é igual ao modelo vendido nos states? (ou o modelo par aa europa está "mais adaptado" às frequencias cá 3g@ 1900TX/2100RX)?
    - O carregador deve precisar de um adaptador para as tomadas cá
    - A garantia deve ser um problema, (se avariar quem é que dá supoorte cá?)
    - Será que continua a receber os updates do software estando num dos nossos operadores 3G?

    De qq forma quando falam que vai chegar à europa no primeiro quater será a todos os operadores ou será só nos restantes paízes onde existe a T-Mobile?

    Se eu tivesse algum feedback que vai estar disponivel no nosso mercado em Janeiro ou Fevereiro de 2009, prefiro realmente esperar...

    ResponderEliminar
  14. Comprar um equipamento deste tipo "lá fora" acarreta sempre algum risco: nomeadamente na parte das garantias; pois dificilmente compensará pagar os transportes para trás e pra frente.
    (normalmente apenas compensa se tiveres lá familiares que façam regularmente viagens e que te pudessem fazer esse favor.)

    Quanto ao funcionamento, o adaptador não deverá ser problema (é muito provável que seja uma fonte de alimentação com entrada AC "universal") sendo necessário apenas o adaptador de tomada físico.
    E quanto ao 3G, o telemóvel deverá seleccionar automaticamente as frequências da rede utilizada.

    No entanto, o aconselhável é mesmo comprá-lo cá.

    E de qualquer forma, um equipamento deste tipo só faz sentido associado a um plano de voz/dados que lhe permita dar o uso intensivo de internet a que se destina. E isso deverá acontecer quando alguma das nossas operadoras o lançar no mercado, à semelhança do que aconteceu com o iPhone.

    Mas, estou a fazer os possíveis para saber mais qualquer coisa sobre isto... e digo-te logo que saiba.

    ResponderEliminar
  15. Thanks, eu tenho um kanguru (ainda dos primeiros que tem um plafond de 10GB/mes) e fazia intenções de o usar no G1, (sei que consigo receber chamadas GSM, fazer é que acho que é preciso desbarrar, que não sei se o operador permite, mas se não permitir - mais perde).
    Claro que para isto era preciso que o G1 estivesse desbloqueado ou pelo menos que funcione na rede da Optimus.
    Mas se tiver que mudar de operador tb mudo.
    Ou seja se a Optimus não vier a ter o G1 como opção, provavelmente vão perder um cliente kanguru (ou mais).

    Como agora os operadores com o ADSL já quase todos oferecem um plafond de 100MB/mes em trafego 3g, pode ser uma opção mais economica...

    ResponderEliminar
  16. Pois, cada vez mais interessa ter um plano "único" que permita aceder à net, independentemente de ser via cabo/adsl/3G/etc. Para evitar ter que pagar N serviços diferentes, todos com o mesmo objectivo.

    Nos EUA já se fala do tal acesso à net gratuito via wireless, no espaço ganho com o fim da TV analógica... Se isso se vier a concretizar, vai ser um pandemónio nos actuais prestadores de serviços de acesso - aí é que nos terão que prestar realmente o serviço pelo qual já pagamos há tantos anos, ou arriscam-se a "ir de vela".

    ResponderEliminar
  17. Mas será que vamos ver mesmo o "T-Mobile G1" noutros operadores ou a T-Mobile vai continuar a ter a exclusividade ainda cá vão chegar primeiro outros modelos com o android como por exemplo o recente anunciado Kogan ( http://gizmodo.com/5101708/kogan-agora-pro-is-the-next-android-handset ) que vai aparecer logo desbloqueado...
    Eu prefiro o G1, pois parece ser uma ferramenta com todos os tipo de input que se pode querer (mesmo para developers)...

    ResponderEliminar
  18. A informação que me tinham dado é que seria mesmo o G1.
    No entanto bem preferia que fosse outro modelo... aquele tem algumas falhas "práticas", tipo a falta da ficha dos headphones standard...

    Por mim, poderia ser um Android com o hardware do HTC Touch HD... e aí sim... seria perfeito. :)

    ResponderEliminar
  19. Afinal já temos a versão unlocked do HTC G1:
    http://www.engadget.com/2008/12/05/sim-hardware-unlocked-android-dev-phone-1-surfaces-for-399/
    O problema é que na lista de 18 dos possiveis países o nosso Portugal não consta:( e mesmo com morada em espanha paga-se USD$170 (de portes!? ou será que inclui o IVA).
    Alem de ser preciso a insrição como google developer (mais USD$25)...
    É triste...

    ResponderEliminar
  20. ei, o movel não veio para portugal ainda pois não??

    ResponderEliminar
  21. Infelizmente não... foi mais um daqueles casos em que a aparente simplicidade de trazer um equipamento se revelou mais complicado do que estava previsto.

    Espero que realmente tenhamos acesso aos Android quanto antes - mesma não sendo o G1 (que sinceramente, não seria o tipo de smartphone que eu escolheria) - já que há várias outras marcas também a fazê-lo.

    Por mim, como já disse por várias vezes, um HTC Touch HD com Android... isso sim. :)

    ResponderEliminar
  22. para quando o G1 em Portugal...já vamos em Abril e nada...

    ResponderEliminar
  23. Parece-me que as operadoras preferiram esperar por um modelo mais ao gosto dos clientes Europeus.
    Com várias outras marcas a anunciar modelos Android até ao fim do ano, esperemos que algum deles chegue oficialmente até nós.

    ResponderEliminar
  24. alias nem parece q vamos ter o G1, e saltar logo pro G2

    ResponderEliminar
  25. Quero la' saber de ter o WM a correr no iPhone, mas ja' ter o Android a correr no iPhone era uma coisa que gostaria mto :)

    ResponderEliminar
  26. Sem dúvida que haverá gente a trabalhar nisso, mas... a vantagem do iPhone relativamente à concorrência é o seu software.

    Com o Android a surgir em mais aparelhos, não será difícil encontrar um modelo com look semelhante ao do iPhone e com características superiores.

    ResponderEliminar
  27. Senhores,

    Existe a possibilidade de adquirir algum telefone com Android em Portugal sem estar preso a alguma operadora?

    Se sim, qual modelo?

    ResponderEliminar
  28. @Danilo

    Pelas operadoras serão sempre bloqueados (e pedem "fortunas" para desbloquear.)

    Em alternativa poderás mandar vir de sites como a expansys.

    ResponderEliminar
  29. Eu quero tanto o G1 Android. Um amigo meu disse que o G2 nao era tao bom como o G1. E ele para alem disso disse que o G1 ia sair este dezembro de 2010

    ResponderEliminar

[pub]