2012/01/20

Petição Anti-PL118

Embora nem sempre concorde com as petições "por tudo e por nada" que muitas vezes surgem, no caso do combate à proposta de Lei da Cópia Privada (a PL118) que pretende taxar indiscriminadamente todo e qualquer gigabyte de armazenamento digital nos discos e memórias flash, acho que todas as formas de oposição se justificam.

Por isso, se não estão dispostos a compactuar com esta proposta de lei, façam-se ouvir e deixem  o vosso nome nesta petição anti-PL118.

Actualização: esta primeira petição não tinha valor legal pois faltava o BI, assinem a nova petição que já tem esse elemento e assim já passa a poder ter efeitos práticos.

Uma proposta de lei que, dizem-nos, serve para proteger os artistas e autores, mas que curiosamente conta com a oposição de vários artistas bem conhecidos da nossa praça, que diz que esse tipo de lucros raramente lhes chega aos bolsos... E eles lá saberão melhor que nós... Para além de dizerem que é igualmente absurdo que, com os sistemas de gravação digital hoje em dia, também eles terão que pagar a taxa para poderem ter discos onde estão a guardar as suas próprias criações...

7 comentários:

  1. Não me levem a mal mas acho que petições online, nao dao em nada, pq simplesmente nao são válidas para efeitos de discução na assembleia da republica.
    Acho que so é validas petições fisicas e em papel, e que no minimo tenham 35mil assinaturas para que isto vá ser discutido à assembleia da republica...
    Falo disto, porque o movimento ILC contra o Acordo Ortografico, tá fazer isto mas por papel, pq so assim é aceite que va a discussão no parlamento, vejam este ponto: http://ilcao.cedilha.net/?page_id=288#11

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Quero contribuir com o meu desacordo com esta aberração, sempre vale esta petição ou tem que ser por correio electrónico ou carta, ou seja, só é valido em papel?
    Trabalho numa universidade consigo, aganriar muitas assinaturas e enviar por email.

    Obrigado e lutem contra estas "aberrações ideológicas".

    Cump
    limao

    ResponderEliminar
  4. É como eu disse, basta verem o q ta naquele link que pus, petições online é lixo... organizem-se e ponham-se a juntar fisicamente assinaturas... é a unica maneira

    ResponderEliminar
  5. Acho que quem está a comentar está a misturar alhos com bugalhos.
    O que se pretende com esta petição não é bem o que as ILCs permitem fazer.
    Uma ILC é uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos, ou seja, serve para que cidadãos eleitores possam apresentar projetos de lei e participar no procedimento legislativo a que derem origem.
    Ao contrário do que é pretendido com esta petição, que é insurgir-mos contra uma proposta de lei que se quer implementar. Verdade seja dita, que uma petição online pode não ter os efeitos pretendidos, mas se o numero de assinaturas for relevante e conseguir, por isso, atrair mediatismo na comunicação social, pode ter o efeito desejado.

    ResponderEliminar
  6. Precisamos de outra contra a privatização da REN !!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo4/2/12 21:16

    Uma petição online é tão válida como outra qualquer.

    Podem informar-se aqui: http://www.parlamento.pt/EspacoCidadao/Paginas/ProcedimentosApresentacaoPeticao.aspx

    Todos os dias são apresentadas petições na Assembleia da Republica que tiveram como origem o meio online.

    ResponderEliminar

[pub]