2012/10/31

Western Digital Day em Lisboa

Decorreu na passada semana, nas luxuosas instalações do hotel Myriad em Lisboa, o Western Digital (WD) Day, um evento que tinha por objectivo dar-nos a conhecer alguns dos novos produtos da WD, e que contou com a presença do nosso incansável Luis Costa, a quem passo a palavra


A apresentação foi dividida em 3 partes:
  • Introdução, efectuada pelo Country Manager, Juan Sanz.
  • Apresentação dos novos produtos WD, por Kalima Toubal;
  • Demonstração de alguns produtos WD.



Na sua introdução, Juan Sanz abordou a problemática do armazenamento, até agora o core business da WD. Os números apresentados para equipamentos e armazenamento são dignos de registo e mostram bem o porquê do nome WD continuar a ser uma referência neste segmento. A percentagem que corresponde aos equipamentos móveis tem tido também grande impacto na evolução do negócio do armazenamento.

A título de curiosidade, deixo-vos um valor: 840GB de conteúdo digital, valor médio por lar!
Este valor foi obtido através de um estudo realizado pela WD, e reflecte a volume médio de dados existente em cada lar, à data da realização estudo.


Kalima Toubal, passou em revista alguns dos novos produtos da WD. E falando-se de armazenamento, não poderia faltar a referência aos backups. Os números apresentados são verdadeiramente preocupantes, pois apenas 30% dos consumidores estão a efectuar backups!

Têm os vossos em dia?


Além do hardware, foram também apresentadas as aplicações desenvolvidas para a sua utilização da forma mais simples possível. Foi notória a preocupação da marca em facilitar a vida ao utilizador, principalmente dos que possuem menos conhecimentos técnicos. Interessante também a possibilidade de acesso remoto aos nossos dados através do serviço WD2Go, o qual já é compatível com Dropbox e SkyDrive.

O Windows 8 não foi esquecido, e desde dia 23 já está disponível a app WD para que possam desfrutar e partilhar o vosso conteúdo digital.


A montra de produtos tinham equipamentos para todos os gostos e carteiras! Não me importava nada de ter alguns deles em casa :)


Demonstração do acesso remoto WD2Go, via iPad e PC.



My Passport Enterprise

O novo Windows 8 trás consigo o Windows To Go. Para quem infelizmente tenha de levar trabalho para casa, parece-me uma excelente ferramenta.

"O My Passport Enterprise inclui 500 GB de espaço de armazenamento, mas mantendo o design elegante e compacto para máxima portabilidade. A capacidade e portabilidade permitem aos utilizadores facilmente transportarem todos os seus dados e definições para que possam facilmente executar e correr o seu Windows 8 personalizado em qualquer PC no trabalho, em casa ou em movimento."







Os profissionais da imagem e vídeo que usem Mac têm agora estas unidades My Book Thunderbolt  que por certo irão responder as necessidades dos utilizadores mais exigentes!

"O My Book Thunderbolt Duo 8 TB, concebido especialmente para profissionais em áreas criativas e adeptos de Mac que trabalham com ficheiros pesados como fotos de alta resolução e vídeos HD, será vendido com um cabo Thunderbolt para conveniência do utilizador.
As suas portas Thunderbolt oferecem uma incrível flexibilidade ao permitirem a ligação em cadeia de até seis unidades My Book Thunderbolt Duo (48 TB no caso de serem seis unidades Thunderbolt Duo 8 TB) ou outros periféricos de alto desempenho, incluindo monitores HD, leitores de multimédia e editores de vídeo / áudio para um fluxo de trabalho rápido e eficiente."



My Passport Edge: PC e Mac

Os Ultrabooks estão na moda. Os novos tablets com Windows 8 chegam agora ao mercado.
Nada como fazerem acompanhar estas máquinas cheias de estilo com um disco portátil a condizer.

"Os discos My Passport Edge e My Passport Edge for Mac® possuem uma capacidade de 500 GB e uma interface USB 3.0 para uma grande velocidade de transferência de dados, ajudando assim os utilizadores a gerirem, partilharem e usufruírem conteúdos digitais onde quer que estejam.
O seu formato ultra-fino tem uma espessura semelhante à de um smartphone – apenas 11mm para o My Passport Edge for Mac® e 12,8mm para o My Passport Edge – sendo o companheiro ideal para a nova geração de computadores portáteis ultra-finos."



Routers

Confesso que não tinha conhecimento da entrada da WD nesta gama de produtos. 
Se atendermos ao seu historial na área do armazenamento e streaming, não será de estranhar a aposta nestes produtos.

Nesta sua primeira investida a WD apresenta já um leque de equipamentos bastante interessante:

My Net N900 CentralO router dual-band com armazenamento My Net N900 Central HD oferece streaming HD acelerado e armazenamento integrado para backups sem fios e acesso remoto. Com a tecnologia de otimização FasTrack Plus, o My Net N900 Central oferece entretenimento HD acelerado de alta qualidade que é inteligente e automaticamente priorizado de forma a assegurar uma transmissão suave.

My Net N900 –  O router Wireless N incorpora elevado desempenho sem fios com velocidades até 900 Mbps (450 + 450 Mbps nas bandas 2,4 e 5 Ghz combinadas) e também inclui 7 portas LAN e 1 porta WLAN Gigabit Ethernet para velocidades cabladas de 10/100/1000 Mbps, 2 portas USB para ligação de dispositivos adicionais de armazenamento, impressoras, e utilização como servidor de media, bem como antenas amplificadas para um maior raio de ação. Além disso, o My Net N900 tem certificação UPnP e DLNA.

My Net N750Este router possui uma velocidade combinada de até 750 Mbps (300 + 450 Mbps) e inclui 5 portas Gigabit Ethernet ports e 2 portas USB.

My Net N600O router oferece uma velocidade combinada de até 600 Mbps (300 + 300 Mbps) e inclui 5 portas Fast Ethernet e uma porta USB.



O N900 Central foi um dos equipamentos que mais me chamou à atenção.

Este router Wireless-N com armazenamento oferece desempenho sem fios muito rápido com velocidades até 900 Mbps (450 + 450 Mbps combinando as bandas de frequência de 2,4 e 5 GHz), bem como armazenamento interno integrado de 1TB ou 2TB para backups automáticos sem fios.
O My Net N900 Central inclui 4 portas LAN e 1 porta WLAN Gigabit Ethernet para velocidades cabladas de 10/100/1000 Mbps, 1 porta USB para armazenamento adicional e partilha de impressora e conteúdos multimédia, e antenas amplificadas para um maior raio de ação. Além disso, o My Net N900 Central possui certificação Universal Plug and Play (UPnP) e Digital Living Network Alliance (DLNA) para fácil deteção e ligação de dispositivos Wi-Fi.


Os routers My Net N900, My Net N750, My Net N600 e o My Net Switch já estão disponíveis. O My Net N900 Central estará disponível no próximo trimestre.


Para terminar, uma referência a um equipamento muito interessante, o WD Sentinel DX4000.

Este é um equipamento direccionado para as pequenas e médias empresas. Tem uma capacidade até 16TB, fazendo uso de 4 discos de 4 TB.


O WD Sentinel DX4000 pode ser usado como uma solução de “armazenamento na nuvem local” (on-premise cloud storage) para PMEs. Este equipamento oferece às PMEs uma solução simples de configurar e gerir para gerir os seus requisitos de armazenamento crescentes.

O WD Sentinel DX 4000 vem pré-configurado de fábrica para poder ser integrado num ambiente empresarial de rede em menos de 30 minutos. O WD Sentinel inclui o software Windows® Storage Server 2008 R2 Essentials com licenças de backup e recuperação de dados para até 25 computadores e incorpora características avançadas de redundância com ligações em rede e portas USB 3.0 duplas bem como a possibilidade de acrescentar uma segunda fonte de alimentação.
O WD Sentinel DX4000 de 16 TB tem um preço aproximado na ordem dos €1.999.


O jeito que dava uma coisa destas lá em casa!

2 comentários:

  1. Muito interessante cobertura! Os produtos deles sao geralmente fantásticos e muito bem concebidos (tirando os Media Player que por vezes apresentam limitações importantes). De resto acho que a questão mais importante a fazer à equipa WD seria: agora que as fábricas já estão em plena produção na Ásia (depois do terramoto) e os stocks repostos, porque os preços dos HDD continuam exorbitantemente altos? Também têm que pagar impostos à Troika ou será que aproveitam o lanço dos preços altos para ganhar (muito) mais? :) PS: comprei um HDD 1.5TB há quase 2 anos e agora (ainda) está mais caro que quando o comprei ;)

    ResponderEliminar
  2. Sou só eu a achar uma contradição o "on-premise cloud storage" ou "local cloud storage"? Cloud não é precisamente o contrário de local?

    Caso contrário o local cloud storage já existe há muitos anos! Mas chamavam-se storage servers, network attached storage, etc.

    Local cloud storage é puro marketing. É aproveitar um conceito muito na moda para vender o seu oposto.

    ResponderEliminar

[pub]