2013/06/04

Napster chega a Portugal


Os fãs da música começam a ter cada vez mais opções para ouvirem as suas músicas favoritas legalmente (e cada vez menos justificações para "piratearem"). Depois de serviços como o MusicBox e o Spotify, é a vez do icónico Napster chegar a Portugal.

Os que por cá andam há algum tempo saberão o quanto o Napster é um "marco" na história da música online, tendo iniciado operações em 1999 como um site de partilha de música P2P (peer-to-peer) e tendo Sean Parker como um dos seus fundadores. Tal como muitos outros sites de partilha de grande exposição, foi rapidamente perseguido, e encerrou em 2001. Embora o serviço tenha morrido, o seu nome sobreviveu, sendo demasiado "valioso" para ser deixado cair no esquecimento e renascendo como um serviço de música legalizado.


Para além de Portugal, o Napster chega a mais treze países europeus: Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Noruega, Suécia e Suiça.

Por 9.95€ mensais, os utilizadores terão acesso ilimitado aos mais de 20 milhões de músicas, tanto em modo online como offline, em todo o tipo de dispositivos (PCs, aparelhagens "smart", e claro: smartphones e tablets). Está também disponível um período de 30 dias dias para experimentarem gratuitamente.


... Só nos falta é ter tarifários de dados mobile compatíveis com este tipo de serviços (excluindo o MusicBox com o seu tráfego que "não conta" para os TMN.)

6 comentários:

[pub]