2013/06/05

WiSee - Reconhecimento de Gestos em toda a Casa via WiFi


Já estamos habituados a ver sistemas de reconhecimentos de gestos, usando simples câmaras (como começam a aparecer nas Smart TVs, permitindo mudar de canal gesticulando no ar) ou sistemas mais avançados como o Kinect, capazes de reconhecer movimentos em 3D. No entanto, há um novo sistema que dispensa câmaras e dá uso à interferência nos sinais WiFi para nos "ver" mesmo através das paredes! Vejam (e assustem-se com as possibilidade) deste WiSee.

Lembram-se do incidente das antenas com o iPhone 4, em que meio mundo ficou chocado por descobrir que o corpo humano "interfere" com as ondas de rádio? Este WiSee usa o mesmo princípio, mas de forma muito mais avançada.


Com as ondas de rádio do WiFi a preencherem a nossa casa, investigadores lembraram-se de as usar como forma de detectar os nossos movimentos e gestos - dispensando qualquer tipo de câmara ou a necessidade de termos algum aparelho connosco. O sistema é capaz de detectar todas as ténues variações que os nossos movimentos causam nas ondas de rádio, permitindo detectar correctamente coisas como movimentos de braços ou pernas, e até movimentos mais complexos - feitos em qualquer parte da casa. Nos testes efectados, o sistema foi capaz de identificar 900 gestos com uma precisão de 94%!



O receptor é um router com poucas adaptações face a um router WiFi tradicional, mas que necessita de várias antenas (mais concretamente, precisará de uma para cada utilizador - com o sistema de testes a poder seguir cinco pessoas em simultâneo).

Penso que nem será necessário começar a dizer o quanto esta tecnologia tem como potencial. Já se imaginaram a desligar as luzes da sala fazendo um gesto no quarto antes de se irem deitar? Ou utilizar o sistema como alarme que dispensa a instalação de sensores de movimento por toda a casa?


Mas claro que também levantará algumas questões de privacidade: o que impedirá alguém de "sintonizar" o sistema para detectar os vizinhos e "ver" que tipo de gestos e movimentos eles andam a fazer? Ou ladrões que, equipados com um router, poderiam andar a passear pela vizinhança para detectar que casas têm movimento no interior ou não?... Acho que é uma excelente altura para se investir nos fabricantes de tintas e papeis de parede à prova de WiFi! :)

2 comentários:

  1. E o problema com as plantas (das plantas dos pés à raiz dos cabelos) ? Não acontece nada ?

    http://abertoatedemadrugada.com/2013/05/efeitos-do-wifi-nas-plantas-volta.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos esperar por testes laboratoriais disso... até ao momento, e como foi referido nos comentários, temos casos de pessoas com plantas perto do WiFi e que não têm mostrado "sintomas".

      Eliminar

[pub]