2013/10/06

Pager da Coca-Cola [Gadgets de Outros Tempos]


O meu amigo Paulo Vieira estava a remexer nas suas caixas de gadgets antigos e foi dar com um aparelho que: será desconhecido para alguns de vocês, mas trará memórias nostálgicas a muitos outros. Refiro-me aos célebres pagers da Coca-Cola que contagiaram Portugal na segunda metade da década de 90.

Hoje em dia será quase impossível imaginar que em tempos as pessoas não estavam continuamente e imediatamente contactáveis à distância de uma simples chamada. Era uma época que dispensava a pergunta habitual "onde é que estás?" quando se telefona para alguém, pois estava implícito que a pessoa estaria agarrada ao telefone, que estaria agarrado ao cabo telefónico, no local para onde se tivesse ligado. Assim que uma pessoa saia de casa... ficava desligada do mundo, e tinha que se confiar naquelas coisas agora obsoletas como: confiar que os restantes amigos/pessoas cumprissem o combinado e estivessem em determinado local à hora certa.

Como os telemóveis eram absurdamente caros (e com mensalidades igualmente dispendiosas), os pagers tornavam-se numa opção "high-tech" mais económica, especialmente quando eram oferecidos numa mega promoção da Coca-Cola, onde se podia ficar com um a preço reduzido bastando para isso juntar umas cápsulas das garrafas.

O que é um pager? Basicamente é um pequeno dispositivo móvel que é capaz de apresentar uma mensagem numérica ou alfa-numérica. Quem quisesse entrar em contacto com alguém poderia ligar para um número e deixar uma mensagem que seria transmitida para o pager do destinatário. Havia um conjunto de mensagens pré-definidas que se podiam utilizar, ou em opção deixar uma mensagem personalizada (já não me recordo se estes da Coca-Cola permitiam deixar mensagens de texto ou só numéricas... afinal, isto já é coisa do século passado e a memória já não é o que era! :)

O destinatário receberia a mensagem no seu pager (com um sonoro beep beep!) e ficaria assim a par do que lhe queriam dizer - ou mais frequentemente, deslocar-se-ia à cabine telefónica mais próxima para fazer uma chamada para o número que queria entrar em contacto com ele.

... Neste caso foi mesmo algo do século passado, mas mesmo que não fosse, certamente seria algo que os mais jovens hoje em dia considerariam apropriado para uma época tecnologicamente medieval! :)

13 comentários:

  1. Os da Coca-Cola podiamos deixar mensagem alfa numérica. No entanto o sistema de "tradução" de voz para texto por vezes dava coisas lindas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao era manual via transcrição por operador humano?

      Eliminar
    2. tb tive um, acho que existiam as duas opções, transcrição por operador e msg pre definidas.

      Eliminar
    3. eu tive um vermelho da coca cola, foi uma troca com um amigo, deu bastante jeito :P eu no inicio penso que era sempre operador, mas passado uns tempos variava entre operador e automatico @ ruben_m

      Eliminar
  2. Ainda tenho um desses em vermelho arquivado em algum sito... !

    ResponderEliminar
  3. Não sei do meu, mas muita Coca-Cola bebi para ter um desses!

    ResponderEliminar
  4. aahhh que nostalgia... sim isso houve uma altura em que era tudo servico automatico, e depois houve uma altura em que falavamos com uma operadora. Tive um como varios colegas meus, e de facto isso na altura deu imenso jeito... mais para a brincadeira que outra coisa. TEnho ainda o meu vermelho com suporte para cinto. Lindo.

    ResponderEliminar
  5. Depois de ler este artigo fui dar uma volta às minha s coisas e o que é que encontrei: um pager da Telepac, lembram-se? E encontrei uma coisa engraçada: o meu primeiro telefone 3G . Um siemens u15 comprado em abril de 2004 pela TMN. Ele até é bonito pois é branco. Ainda funciona e o mais engraçado é que é enorme e pesado. A certa altura o telefones começam a ficar mais pequenos e agora uso um android com 6 polegadas. Como as coisas mudam!!!!!

    ResponderEliminar
  6. Hei de ter um algures. Já nao me lembro dos pormenores como o arranjei mas foi mesmo através da PROMO da coca-cola. Bons tempos esses. Mas, agora que penso nesta evoluçao acho que a tecnologia nos está a escravizar...

    ResponderEliminar
  7. Olá Carlos Martins Grande post este, grandes recordacoes traz, e a propósito de recordações e porque também foram desta época, que tal recordamos as famosas chamadas para as "linhas" aqueles números que eram desactivados pela PT e que depois as chamadas para esses números era grátis de qualquer telefone, juntavam-se várias pessoas a falar em conferência na "linha" grandes noites perdidas em cabines de rua a falar falar falar, e de dia era ver as pessoas a espera para usar a cabine atrás de nós, e a gente a falar falar, até enrugavam a testa ao ver que não caiam moedas ah ah grandes tempos.

    ResponderEliminar
  8. Na altura era demasiado novo para ter um mas recordo me perfeitamente... em troca tive um tamagotschi ;)

    ResponderEliminar
  9. Eu tambem ja tive um, esse pager, o tal da coca-cola era bem conhecido em 1995/1996, porem, com o avanco da tecnologia, passou a ser obsoleto.

    Obrigado pela informacoes disponiveis sobre o Pager.

    ResponderEliminar
  10. eu tive um da telechamada bastante tempo...

    ResponderEliminar

[pub]