2013/11/16

Primeira máquina de torrar moer e fazer café surge no Kickstarter


Dizem os apreciadores que não há nada como um café acabado de fazer. Embora a maioria das pessoas se tenha rendido à facilidade dos cafés em cápsula, os puristas continuam a não dispensar o café moído na hora... Mas se este projecto no Kickstarter for para diante, em breve poderão fazer até a torrefacção do café em casa e de forma automática.

O projecto está bem encaminhado, e quando isto foi publicado muito provavelmente já terá o financiamento garantido. Segundo os seus criadores esta será a primeira máquina que é capaz de torrar-moer-e fazer um café de forma completamente automática... e com o resultado a ser um café de qualidade incomparável (dependendo dos grãos de café que utilizarem, obviamente - mas até isso vem incluído no pacote!)

O mais certo será já nem conseguirem sequer apanhar uma destas máquinas, pois a avaliar pela velocidade que estão a desaparecer - mesmo com preços que eu pessoalmente considero elevados (mas também não sou apreciador de café, pelo que a minha opinião não vale de muito - e uma vez que há um número limitado de máquinas disponíveis... não me parece que serão suficientes para satisfazer todos os interessados.

Os preços começavam nos $250 (100 unidades que desapareceram imediatamente), estando agora disponíveis apenas algumas unidades para as modalidades de $300, $400 e $500 dólares.

... De qualquer forma, se algum de vocês investir numa destas máquinas, que tem entrega prevista apenas para Outubro de 2014, estarei à disposição para matar a curiosidade e ir provar um destes cafés "de luxo".

3 comentários:

  1. A quem comprar, atenção aos custos na Alfândega ^^

    E já agora, eles referem portes incluídos para todo o mundo, mas para quem espreitar a mailing list, verá que isso não garante que não acabem por pagar por eles (cá).

    ResponderEliminar
  2. É assim. Cá por casa sempre houve máquina de tirar cimbalinos.
    Depois de bem aquecida, a partir do 5º café até saiam bem. A chatice é que habitualmente só se tiravam um ou dois.
    Mas o pior era a lixarada com os restos de café.
    De maneiras que quando chegou a Nespresso foi um descanso, embora seja pior que os Cimbal(inos).
    A máquina do post não é para tirar cafés expresso. É café de cafeteira. Eu não punha dinheiro nisto nem que me pagassem (e metade do vídeo é de "faz de conta").

    ResponderEliminar
  3. Muitos projectos do Kickstarter e Indiegogo deixavam-me mesmo com vontade de investir... Mais que uma vez estive quase com o dedo no botão para apoiar um smartwatch. Mas depois de ler o relato de importação do Pebble, qualquer coisa que não seja EU fica, para mim, automaticamente eliminado.

    ResponderEliminar

[pub]