2014/01/22

OmniROM testa novo sistema de multi-janelas em Android


Depois de se terem popularizado pela simplicidade de utilização, os sistemas mobile vão ganhando mais funcionalidades que os tornam cada vez mais parecidos com os ambientes desktop. Um desses casos é a gestão de múltiplas apps simultaneamente no ecrã, e a OmniROM acha que tem uma forma melhor de o fazer que as versões existentes e que vai buscar inspiração ao WebOS.

Até ao momento, os sistemas de multi-janelas no Android têm utilizado duas técnicas: manter as apps secundárias em janelas flutuantes; ou colocá-las lado a lado. Ambos os métodos têm vantagens e desvantagens, mas no caso da OmniROM a inspiração surgiu das apps empilhadas do WebOS.

Quando se quer ter várias apps simultaneamente no ecrã, um dos pontos que será mais importante será o rápido acesso a qualquer uma delas. Com este método, mantém-se uma app principal no lado esquerdo, e no lado direito podemos ter uma pilha de apps entre as quais poderemos circular rapidamente.

Confesso que acho caricato que nos sistemas mobile se esteja a assistir a esta evolução que os torna mais versáteis (mas também mais complexos e complicados de usar), que eventualmente poderá fazer com que se tornem em autênticas réplicas dos sistemas operativos desktops com os seus gestores de janelas. Não quer com isto dizer que não haja necessidade de evoluir e permitir este tipo de coisa... mas o difícil será fazê-lo de uma forma que continue a ser fácil de usar pelos utilizadores sem que se sintam perdidos no meio de tanta "confusão".

1 comentário:

  1. nos tablets penso que seja uma boa aposta eu por exemplo utilizo imenso na universidade, quando tenho que estudar com dois ficheiros ao mesmo tempo. Contudo nos telefones penso que não seja necessário, mas funções adicionais nunca são demais desde que não deixem o dispositivo lento ou ocupem muita memoria.

    ResponderEliminar

[pub]