2014/02/05

Cabines com janelas virtuais usando ecrãs de 80"


Hotéis, navios, apartamentos... quantos destes locais não sofrem agravamento de preços em função da vista que se tem das suas janelas e varandas? Mas no caso dos navios da Royal Caribbean, isso poderá em breve ser uma coisa do passado.

Nos cruzeiros, as cabines que têm vista para a frente do navio são habitualmente as mais caras, e por motivos físicos são também em número bastante mais reduzido do que as que têm apenas vista lateral (ou nenhuma vista sequer). A Royal Caribbean quer resolver esse problema e permitir que todos possam ter uma vista da proa do navio, ou da ré, ao toque de um botão. A truque é simples: em vez de uma varanda real, estas cabines virtuais estão equipadas com varandas falsas onde um ecrã de 80" serve de "janela".

Essa "janela" poderá exibir imagens que estão a ser captadas em tempo real por câmaras RED Epic colocadas no navio; assim permitindo a criação de inúmeras cabines com vistas "premium", mesmo que na realidade estejam colocadas no interior do navio sem qualquer vista para o exterior.

Por muito estranho que possa parecer, a mim parece-me que é o tipo de coisa que se irá tornar mais comum no futuro, especialmente agora que o Ultra HD se começa a popularizar, e que irá permitir criar imagens com um realismo que permite começar a duvidar se estamos perante uma imagem de TV ou uma "janela" para o mundo.

É que, se pensarem bem nas potencialidades deste tipo de sistema... não há limite ao que se possa fazer. Seria possível termos comboios e aviões onde se poderia olhar para a frente e ter a vista que os pilotos/maquinistas têm. Poderíamos ter janelas virtuais em casa que ao toque de um botão nos transportariam para uma cabana de montanha nos Pirinéus ou uma praia paradisíaca; etc. etc. A mim parece-me ser inevitável que isso venha a acontecer (assim que os ecrãs Ultra HD de 80 e 100" forem "acessíveis", claro).

E depois... já estou a imaginar ir ainda mais além. Ora imaginem um filme que em vez de se limitar ao ecrã gigante de 150" que têm na parede da sala também tira partido das vossas "janelas"? Um filme de zombies poderia transportar-nos para um mundo onde, se olhassem pela janela veriam um mundo pós-apocalíptico no exterior, e outras coisas do género... As possibilidades são imensas... só não se esqueçam que com estas janelas, não poderão "saltar" lá para fora em caso de emergência... :)

1 comentário:

  1. Anónimo6/2/14 17:05

    Interessante. Muito interessante.
    No entanto, deixa um sabor amargo, pelo menos para mim, pois sei que o que estou a ver não é verdadeiro.
    Contudo, com o tempo, isto será interpretado como o "novo natural" e esse sabor desaparecerá.
    Infelizmente por um lado, pois o ser humano está naturalmente programado para sentir e necessitar do que é verdadeiro na natureza.
    Mas isto é apenas a minha opinião, que vejo a evolução de alguns (muitos) ramos da tecnologia como um processo contranatura.
    E o limite será a forma como o ser humano vive no filme Surrogates :P
    No entanto, por outro lado, este não deixa de ser um serviço intermédio - e é interessante claro - entre ter uma vista fantástica da varanda de um cruzeiro e não ter qualquer vista.

    ResponderEliminar

[pub]