2014/06/18

Palm Pre - um dos melhores smartphones de sempre


Fale-se de smartphones e hoje em dia isso é sinónimo de Android e iOS, com um pitada de Windows Phone (que felizmente tem vindo a aumentar nos últimos tempos). Mas há poucos anos atrás tivemos um smartphone que se poderia considerar revolucionário... mas que contra todas as expectativas, veio a ter um destino trágico e completamente injusto: o Palm Pre com o seu WebOS.

Numa altura em que o iPhone dava o salto para a versão 3G (ainda com um iOS severamente limitado), e o Android ainda tentava encontrar o norte, o Palm Pre com WebOS trazia-nos multitasking feito em condições, organização de apps em pastas, notificações de luxo, sistema de interacção entre apps, e até um teclado deslizável que servia de resposta a todos os que preferissem teclas físicas a escrever num touchscren.

Não é por isso estranho que múltiplas pessoas considerem o Palm Pre o melhor smartphone de todos os tempos. Um smartphone que, na sua última versão (Pre 3 de 2011), ainda seria perfeitamente capaz de impressionar os utilizadores actuais - a começar pelo seu tamanho ultra compacto (ecrã de 3.58" com 480x800 pixeis, que ainda hoje seriam considerados aceitáveis) e que iria fazer muitos jovens interrogarem-se: "é possível fazerem-se smartphones tão pequenos?"

Com a aquisição da Palm pela HP, esperava-se que o WebOS se viesse a tornar num sério concorrente pela liderança do mercado mobile - aliando todo o conhecimento e tradição da Palm à dimensão da HP. Infelizmente, o que se veio a verificar foi um autêntico "desnortear", em que tudo o que de bom que havia para aproveitar se perdeu, e em vez de uma plataforma ganhadora se assistiu ao despachar ao desbarato de milhares de unidades de equipamentos com morte anunciada.

Não deixará de ser engraçado imaginar o que poderia ter acontecido caso as coisas se tivessem passado de forma diferente, e qual seria a expressão de um iOS e Android num mundo onde o WebOS se tivesse tornado naquilo que aspirava ser.

3 comentários:

  1. E que actualmente é a base do OS das smartv's da LG

    ResponderEliminar
  2. Ainda hoje acho que muitas das funcionalidades do symbian eram bem melhores do que no Android... Pois no symbian tinha verdadeiro multitasking e notificações separadas que facilita muito distinguir um simples email de um SMS e que no Android estão todas misturadas. Infelizmente nunca trabalhei com um webOs mas gostaria de o ter feito. :-(

    ResponderEliminar
  3. A LG esta a investir no WebOS nas smarttv

    ResponderEliminar

[pub]