2014/06/10

Reconhecimento facial já ajuda a condenar criminosos


Quem vê o Person of Interest poderá achar piada a um sistema que é capaz de identificar todas as pessoas que passem por alguma câmara, mas se calhar essa ficção está mais próxima da realidade do que se pensa.

Em Chicago, o sistema de reconhecimento facial da NEC já ajudou a condenar um ladrão, depois deste ter sido apanhado pela polícia pelos processos "tradicionais". Desta vez, o sistema foi usado apenas posteriormente, e conseguiu identificar o ladrão como sendo alguém já com cadastro e portanto sem direito a "pena mais leve". Algo que se tivesse que ser feito manualmente, teria sido praticamente impossível (embora me interrogue porque motivo não terão também usado o sistema de pesquisa por impressões digitais, já que deveriam estar igualmente no sistema).

O que é certo é que se a perspectiva de pesquisar rostos de criminosos entre a base de dados de pessoas com cadastro não irá chocar ninguém... o clip publicitário deste sistema de reconhecimento facial da NEC vai fazê-lo certamente, com a proposta de que poderá estar a fazer este tipo de tarefa em tempo real, avaliando todos os rostos que passarem pelas suas câmaras e alertando sempre que for detectado uma pessoa "na lista negra".

2 comentários:

[pub]