2015/04/29

Cyanogen anuncia fim da parceria com a OnePlus


A OnePlus pode ter sido a primeira parceira oficial a lançar um smartphone com Cyanogen "oficial", mas as relações entre ambas as empresas chegam agora ao fim, com a Cyanogen a aspirar a mais altos voos com outros parceiros de maior dimensão.

Não se pode dizer que este rompimento seja inesperado, pois a relação entre Cyanogen e OnePlus já não eram as melhores. Desde o incidente na Índia, em que a Cyanogen fez um contrato exclusivo com a Micromax, bloqueando a venda do OnePlus nesse apetecível mercado, que o distanciamento entre ambos vinha a aumentar, tendo como resultado uma OnePlus que acelerou o desenvolvimento da sua própria versão de Android, o OxygenOS.

Embora os responsáveis de ambas as empresas continuem a ser "politicamente correctos" nas suas declarações, desejando boa sorte aos ex-parceiros, a verdade é que o azedume que existe entre ambos está bem patente, e que a Cyanogen via a OnePlus como um travão para as suas aspirações. É que enquanto a OnePlus se contenta em vender 1 milhão de unidades a conta-gotas com sistema de convites, a Micromax é o 10º maior fabricante a nível mundial e vende mais de 1 milhão de smartphones por mês. Como se costuma dizer: está "noutra divisão".

Divisão essa em que a Cyanogen deseja entrar, para cimentar a sua posição como real alternativa ao Android do Google, e para a qual tem apostado em parcerias com aliados mais poderosos, como a Qualcomm. Vamos lá ver que tal a sua estratégia resulta... e também qual o impacto que o fim do Cyanogen nos OnePlus terá nas suas vendas, tanto para o actual One como para os seus novos modelos que serão apresentados este ano - já com OxygenOS.

5 comentários:

  1. Eles não estão para "brincadeiras", nota-se de facto que querem "roubar" o Android da Google. A recente parceria da CyanogenMod com a Microsoft foi mais uma prova do caminho independente que querem seguir face ao "semi-sistema" fechado da Google.

    ResponderEliminar
  2. Eu só espero que a ânsia que a Cyanogen tem de competir com a Google não canibalize o CyanogenMod, a sua distribuição livre e a inclusão de software cada vez mais proprietário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Too late
      A transformação em cyanogem inc foi um sinal demasiado mau. Enquanto antes aquilo era tudo aquilo que se pode esperar de uma comunidade de devels, há muito que transformou num negócio. com tudo de mau (e bom) que isso significa. Já há muito que saiu da minha lista de "comunidades de confiança"

      Eliminar

[pub]