2015/06/11

Apple facilita a criação de Adblockers no Safari do iOS 9


A Apple não tem deixado de atacar o Google fazendo referência que o seu negócio não é o de ganhar dinheiro à custa do tracking dos seus utilizadores, e com o iOS 9 dá um passo nessa direcção, facilitando o processo de criação de adblockers para o Safari.

O iOS sempre foi uma plataforma bastante mais fechada e restrita que o Android, e ainda mais no que diz respeito aos browsers. Até agora, os developers pouco (ou nada) podiam fazer para interferir ou modificar o funcionamento do Safari ou das suas WebViews, mas com o iOS9 a Apple facilita imensamente a criação de ad blockers para o Safari no iOS.

Com esta alteração, o processo de bloquear ou outros conteúdos indesejados passa a ser extremamente simples, e nem sequer temos que nos preocupar com a questão de um adblocker ser mais ou menos "pesado" que outros - o próprio sistema encarrega-se de compilar as regras disponibilizadas pelos developers para garantir que esta filtragem é feita da forma mais eficiente pelo Safari.

Não custará imaginar que com a chegada do iOS9 se vejam adblockers a subir para o topo da lista das apps mais populares, replicando aquilo que já acontece nos browsers para desktops. Aliás, se há dispositivo em que faz ainda mais sentido bloquear todo o tipo de conteúdos supérfluos é precisamente nos dispositivos móveis, para poupar na transferência de dados, acelerar o carregamento das páginas, e poupar no processamento (e consequentemente prolongando a autonomia.)

Junte-se a isto uma nova API de VPNs - que até poderá permitir redireccionar os dados de um iPhone através de uma rede tipo Tor... e parece que a Apple está realmente a demonstrar estar a falar a sério quando se quer demarcar do "tracking" dos utilizadores.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]