2015/11/19

Mini drone ZANO europeu é mega-falhanço do Kickstarter (e Coolest Cooler segue pelo mesmo caminho)


O mais bem sucedido projecto europeu no Kickstarter, o mini drone ZANO, que angariou mais de 2 milhões de libras, vem finalmente admitir que não irá conseguir concluir o projecto e torna-se mais um falhanço milionário do crowdfunding.

Ainda ontem falávamos do Fin e como, depois de um ano de atraso, lá conseguiu criar um produto (embora não exactamente o que estava prometido), mas no caso deste ZANO as coisas correram muito pior.

O ZANO era um micro-drone que supostamente teria capacidades inovadoras de voar sozinho e seguir elementos de interesse, e embora custasse £189 não faltam milhares de interessados que permitiram ao projecto angariar mais de 2.3 milhões de libras (quase 3.3 milhões de euros.)



Os pequenos drones estavam prometidos para Junho, mas o tempo foi passando e as perspectivas não eram animadoras. Mesmo supostamente tendo conseguido enviar umas centenas de drones para alguns investidores, era altamente suspeito que os seus criadores por diversas vezes tivessem recusado mostrar os Zanos a voar e a fazer aquilo que deveriam fazer. E mais recentemente, no início deste mês, o seu CEO abandonou subitamente o cargo, alegando problemas de saúde e "diferenças irreconciliáveis", o que agora culminou naquilo que já muitos temiam: que o projecto fica cancelado e irá agora pagar as dívidas que pode... sendo que quanto aos investidores, irão ver os seus milhões a evaporar-se sem nada receberem.

Basicamente, esta startup estourou 3.3 milhões de euros em 11 meses (dá uma média de 275 mil euros por mês) faltando agora saber quantos destes euros terão sido efectivamente dedicados ao projecto e quantos terão ido parar sabe-se lá onde. (Sendo que isso de pouco irá contribuir para os que perderam dinheiro no projecto.)



Mas não se pense que é só do lado europeu que temos mega-falhanços. O Coolest Cooler norte-americano, que na altura também se tornou no projecto mais bem sucedido de sempre no Kickstarter com mais de 13 milhões de dólares(!) angariados para criar uma geleira multimédia ultra-versátil, está também com futuro bastante incerto. Aparentemente, também já estouraram os milhões que tinham recolhido, e estão a por a sua geleira à venda na Amazon para ver se com essas vendas conseguem angariar dinheiro para cumprir com as entregas aos investidores no Kickstarter. Neste caso ainda há uma pequena réstia de esperança... mas não me admirava nada que se tornasse no maior mega-falhanço do crowdfunding.


... Sem dúvida que o impacto destes falhanços irá afectar a credibilidade de todos os projectos de crowdfunding futuros, e obrigar a que sejam encarados como projectos de alto-risco.

2 comentários:

  1. Lembro-me bem do Coolest Cooler e de pensar na altura que aquilo tinha pernas para andar. Mas realmente, não basta ter boas ideias. Isto de construir um negócio de sucesso depende de muita coisa e uma empresa capaz de lidar com um grande volume de vendas precisa de ser uma máquina bem oleada.
    O ideal é mesmo criar um flappy bird aí numa semanita e meter uns milhões no bolso com "poucas chatices".

    ResponderEliminar
  2. Isto de crowdfunding é muito bonito mas precisa de muito sal.
    Acima de tudo não assumir que por existir um projecto e receber muito dinheiro que é fácil.
    Finalmente recebi os earins com quase 1 ano de atraso.
    Apesar de algumas falhas, considero um projecto de sucesso. Acho que tive sorte. Mais do que isso não se pode dizer nada.

    ResponderEliminar

[pub]