2015/12/13

Lâmpada LED Qube quer ser uma Philips Hue de baixo custo

É impossível não olhar para as lâmpadas Hue da Philips e não desejar espalhar uma dúzia delas por nossa casa, mas o seu custo elevado rapidamente coloca um travão nos nossos desejos. Este Qube quer destravar esse sonho, disponibilizando lâmpadas LED RGB com WiFi e Bluetooth a um preço que rivaliza com as lâmpadas LED não programáveis.

Enquanto que uma única lâmpada LED Philips Hue pode custar cerca de 50 euros; as lâmpadas LED Qube, com ainda mais capacidades, ficam disponíveis por apenas 19 dólares. Com 800 lumens, as Qube são equivalentes lâmpadas incandescentes de 60W em termos luminosos, mas com consumo bastante mais reduzido.

Uma vez que usam WiFi e Bluetooth, as Qube dispensam o uso de hubs específicos, sendo o bluetooth usado para que as lâmpadas actuem como beacons e permitam a localização dos utilizadores; possibilitando a criação de funções automáticas como "quando entrar na sala, acender automaticamente as luzes com intensidade a 60%" (e está prometida a integração com o IFTTT para ampliação virtualmente ilimitada no número de possibilidades e conjugação com outros serviços.)

Já era tempo deste tipo de lâmpadas chegar ao mercado a preços aceitáveis... esperemos que estas Qube façam com que o mercado perceba isso.


9 comentários:

  1. Andem lá com isso :) Os preços da philips são um grande travão.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Já se arranja lâmpadas Bluetooth por 10€

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... mas depois se as quiseres controlar de fora de casa, precisas de um gateway bluetooth; nestas tens WiFi.

      Eliminar
    2. sim é verdade :) Mas já começam a aparecer bons preços

      Eliminar
  4. Já alguem pensou em ligar estas luzes a um sistema que iluminasse a sala de acordo com o ambiente que está a acontecer num filme?...
    Assim uma coisa tipo Ambilight mas com as luzes dos candeeiros da sala.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com estas propriamente não, mas não faltam soluções "ambilight faça você mesmo" (no caso das Hue, até já se fazem coisas interessantes, nalguns programas terem um "ambiente luminoso" sincronizado com o filme que está a dar - o que possibilita ainda mais efeitos sem que a cor da iluminação dependa das cores que temos na imagem. :)

      Eliminar
    2. Obrigado pela dica....algum link sobre isso?....não me estou a referir às fitas led por trás dos lcd, tipo lightberry, mas sim interação entre o ambiente do filme e a iluminação da sala. Cumps

      Eliminar
    3. Na altura falamos disso aqui:
      http://abertoatedemadrugada.com/2014/12/serie-12-monkeys-do-syfy-tambem-vai.html

      Não me parece que fosse complicado pegar num projecto dos "ambilight" open-source e adaptá-lo para controlar luzes remotas espalhadas pela sala. :)

      Eliminar

[pub]