2018/01/15

Alguns Pixel 2 XL vêm com ecrãs OLED sem variação de cor


O Pixel 2 XL da Google é um excelente smartphone que tem sido "manchado" pelo ecrã OLED da LG exibir problemas associados às primeiras gerações de ecrãs com esta tecnologia; mas... parece que lá pelo meio há alguns modelos que estão a sair sem problemas.

A LG há muito que se vinha a preparar para produzir ecrãs OLED no segmento mobile (pois no campo dos televisores de grandes dimensões já domina o mercado) e isso acabou por acontecer com o Pixel 2 XL da Google. Uma aposta que depressa revelou os seus riscos, pois resultou num topo de gama com um ecrã que ficava aquém do que seria esperado, exibindo fenómenos como a alteração de tonalidade bastante perceptível quando se inclina o ecrã.


É o mesmo tipo de problemas que afectava as primeiras gerações de ecrãs OLED fabricados pela Samsung, mas cujo processo de fabrico foi sendo melhorado até que desaparecessem por completo, valendo-lhes a reputação de "melhores ecrãs do mundo" - e sendo essa a fasquia que os consumidores definem para um ecrã OLED em qualquer topo de gama.

Para complicar mais a situação, existem alguns utilizadores que estão a descobrir que os seus Pixel 2 XL vêm com ecrãs que não exibem esta alteração de cor, demonstrando que a LG terá a capacidade para produzir ecrãs OLED de melhor qualidade. Pelo que, fica a pergunta: será que a LG já conseguiu reagir e afinar a produção de modo a garantir uma melhor qualidade nos seus ecrãs OLED para smartphones? Ou, será que isto se deve apenas a um processo de fabrico que ainda não consegue garantir a uniformidade de produção, e onde um ecrã "bom" ou "menos bom" é algo que depende unicamente da sorte?

O que é certo é que isto de pouco servirá para sossegar quem tiver um Pixel 2 XL e diariamente tiver que olhar para o seu ecrã e ver as alterações de cor, sabendo que foi "azar" não ter apanhado um dos modelos com um ecrã de melhor qualidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]