2018/01/15

Project Linda quer transformar o Razer Phone num portátil

A Razer volta a dar esperanças a todos os que sonhavam com a possibilidade de ter um smartphone capaz de se transformar em portátil, com o seu Project Linda.


Demorou mais tempo que o esperado, mas 2018 vai ser o ano em que o mercado vai assistir à chegada em força de portáteis com processadores ARM. Várias marcas já tentaram esta aproximação dos smartphones ao portáteis. A Asus teve no PadFone um dos primeiros exemplos da utilização do smartphone num equipamento com ecrã de maiores dimensões, e a Razer parece interessada em repetir a fórmula com o seu Razer Phone e o Project Linda: uma estrutura de um portátil onde o smartphone fica encaixado na parte do touchpad, e que assume o papel de processador principal da máquina.


Neste momento, o Project Linda ainda não passa de um protótipo, mas a sua abordagem inovadora, poderá ser um trunfo importante para que o produto chegue ao mercado. Ao utilizar o smartphone como touchpad de um portátil, o utilizador passa a contar com teclado e ecrã de maior dimensão, ideal para situações de produtividade.

Sendo uma ideia interessante, penso que terá bastante mais utilidade num sistema dual boot, com Android a correr no smartphone e um sistema operativo mais robusto no portátil. Desta forma, o utilizador tem a possibilidade de optar por aquele que lhe for mais conveniente em cada momento.

Falta apenas saber se a Razer tem intenções de transformar este protótipo num produto comercial e, caso afirmativo, se o irá fazer a um preço que seja competitivo e seja capaz de atrair os consumidores.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]