2018/01/27

Thor: Ragnarok estreou efeito DynamicLight no cinema


Há filmes que ficam marcados pela utilização de efeitos inovadores (como o "bullet time" no The Matrix), e embora possa não ter sido tão perceptível, também Thor: Ragnarok estreou um efeito bastante curioso, chamado DynamicLight.

Embora hoje em dia se ache que tudo é possível graças à magia dos efeitos digitais (e é verdade, até quando se trata de mudar rostos de pessoas) continua a haver inovação e quem se lembre de criar coisas nunca antes vistas.

Na cena de Thor: Ragnarok em que se consegue ter um vislumbre das memórias da batalha épica entre as Valquírias e Hela, os espectadores podem ficar hipnotizados pelas imagens captadas em alta-velocidade, sem se aperceberem do efeito responsável por isso: o facto de termos luz a movimentar-se a alta-velocidade numa cena em que as imagens ficam "em câmara lenta".


A técnica chama-se DynamicLight da Satellite Lab, e permite criar cenas em que é possível controlar precisamente a direcção e estilo da iluminação, podendo fazer com essa iluminação seja deslocada a alta-velocidade - o que combinando-a com uma câmara de alta-velocidade que seja capaz de "parar o tempo", resulta na combinação de imagens em câmara lentas que parecem estar quase paradas, mas em que a luz se continua a movimentar em velocidades aparentemente normais.





A Satellite Lab especializa-se em efeitos de iluminação, e tem outros sistemas que são igualmente curiosos, como a utilização de iluminação diferenciada sincronizada com uma ou mais câmaras, e que permite, na mesma cena e em tempo real, captar simultaneamente a cena sob iluminações completamente diferentes.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]