2018/02/20

Chrome passa a partilhar links reduzidos

Partilhar o link exacto que estamos a ver vai tornar-se mais difícil no Chrome mobile, pois o browser da Google vai passar a partilhar links simplificados, com resultados que se poderão revelar frustrantes para os utilizadores.


Ninguém gosta de lidar com urls extremamente longos e complexos, como os que são usados nalguns sites. Para o evitar, o Chrome 64 mobile vai começar a "limpar os URLs" quando se selecciona a opção de partilha numa página web.

Isto pode fazer com que um complicado e prolongado link da Amazon seja partilhado numa forma mais curta e reduzida; mas o problema são os efeitos secundários que isso poderá ter. Para começar, não se admirem se isto não funcionar em todos os links; o que o Chrome aparentemente está a fazer é partilhar o link definido como "canonical" pela própria página - se esse link canonical estiver definido como sendo longo e complicado, será esse que continuará a ser partilhado (não estamos perante um serviço de encurtamento de URLs aplicado a qualquer URL).

Mas a pior parte é que se pode dar o caso de uma página dinâmica, que depende desses parâmetros para mostrar o conteúdo correcto, poder ser partilhada apenas com o URL base, que deixará o destinatário da partilha a olhar para uma página bem diferente daquela que o utilizador pretendia mostrar.

Isto faz com que, em vez de simplificar a vida aos utilizadores, agora passe a ser necessário ter trabalho adicional, para seleccionar manualmente a totalidade do URL, e depois fazer copy e paste à "moda antiga". Se a Google quisesse realmente facilitar a vida aos utilizadores, continuaria a apresentar o URL na íntegra e, se fosse demasiado longo, dava a opção para que o endereço fosse encurtado (por exemplo, usando o seu próprio serviço de encurtamento de URLs, o goo.gl).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]