2018/02/27

Vero é a nova app de sucesso entre os descontentes com o Instagram


Pode uma rede social de sucesso, como o Instagram, entrar em colapso de um momento para o outro? Por muito difícil que possa parecer, pode estar mesmo a acontecer - com o grande vencedor a ser uma nova rede pouco conhecida: Vero.

Com o Instagram (Facebook) a tentarem "espremer" cada vez mais os seus utilizadores, são cada vez mais os abusos que vão sendo adicionados ao longo do tempo. Primeiro com os métodos "algorítmicos" que já nem nos permitem simplesmente ver os conteúdos das pessoas que seguimos (a não ser que paguem para "fazer chegar o conteúdo a mais pessoas"), depois complicando o processo de ver as coisas por ordem cronológica, e isto para não falar nos conteúdos publicitários "sugeridos" que são adicionados lá pelo meio.

Embora se esteja longe de ver um Instagram e Facebook arruinados pelo abandono de utilizadores, o que é certo é que há cada vez mais pessoas fartas com tudo isto e que parecem ter encontrado uma nova rede social que mantém a simplicidade pretendida.

A app Vero foi criada há alguns anos mas permanecia relativamente desconhecida. Mas literalmente de um dia para o outro saltou para o topo da tabela das apps mais descarregadas, obtendo mais de 500 mil downloads num único dia(!) - algo bastante relevante quando até ao momento tinha tido apenas 600 mil downloads ao longo de mais de dois anos.


A app funciona como uma alternativa excelente ao Instagram, pois permite partilhar fotos (mas também textos, URLs e recomendações para livros, filmes e séries de TV) e, acima de tudo, permite ver tudo o que se segue, de forma cronológica e sem "interferências". Para além disso, também permite classificar as pessoas como amigos próximos, amigos, conhecidos, ou seguidores; ideal para quando se quer partilhar coisas específicas com apenas alguns destes grupos.

O serviço faz também questão de salientar que não usa os dados dos utilizadores para fins indevidos e não os partilha com mais ninguém; pelo que, à primeira vista, parece ser mesmo o "paraíso" que muitos procuravam depois de ficarem cada vez mais frustrados com o Instagram.


... Será pelo menos (mais) um sinal de alerta para algumas redes sociais, relembrando que uma rede social só faz sentido com pessoas; mas que estas também têm limites e não se importam de se mudar em massa para novas paragens onde se sintam melhor tratadas.

8 comentários:

  1. Vez o que fizeste Carlos?
    ... We are experiencing higher than normal load. We are working to resume normal service as soon as possible.

    ResponderEliminar
  2. Isto tem versão página web ou é mesmo só através de app?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente só app por agora... esperemos que com o "sucesso", também lancem versão web.

      Eliminar
  3. Pena estarem com alguns problemas de carga e algumas pessoas desistirem de experimentar mas posso dizer que instalei há uns dias e do pouco que consegui ver, pareceu-me uma boa alternativa ao instagram. O tempo o dirá mas gostava que vingasse!

    ResponderEliminar
  4. Quando passar a ser pago quase ninguém vai aderir... anda por cima nem sabem (ou publicitam o preço)...
    Quem vai gostar de estar a pagar quando alguns amigos tem de borla o mesmo serviço?

    Não me parece que tenha pernas para andar..

    ResponderEliminar
  5. Não existe almoços grátis. Cedo ou tarde terá que arcar com custos de servidores, pessoal, etc. e terá que replicar o modelo do Instagram ou desaparecer.

    ResponderEliminar
  6. Fiz download, recebo um código e depois de introduzir o código diz que está errado...not good! E as reviews da app são péssimas tanto para android como iOS.

    E como todos disseram aqui nos comentários, sem publicidade não vai durar muito tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A app está bastante boa; o problema é que tem estado "atascada" com a afluência de novos utilizadores... Eles não previam que num par de dias lhes chegassem "milhões" de utilizadores.
      :)
      Agora só têm que reagir rapidamente e aguentar com a carga, antes do pessoal "escapar"

      Eliminar

[pub]