2018/03/17

Google Home ganha rotinas diárias... mas só com os comandos que a Google deixa


Depois de muita espera o Google Home lá ganhou finalmente o encadeamento de acções para criar rotinas habituais no dia a dia, mas é uma opção que chega com bastantes limitações.

Controlar dispositivos inteligentes, como lâmpadas ou o aquecimento, é algo que pode parecer engraçado de fazer via comandos de voz com o Google Home, mas depressa se torna cansativo se, de cada vez que chegarem a casa tiverem que dizer: "acende a luz da porta, acende a luz do corredor, acende a luz da cozinha, envia uma mensagem a dizer que cheguei, toca música, etc. etc." e outras coisas correspondentes a quando saímos de casa, vamos dormir, etc.

Para evitar isso o Google Home conta agora com rotinas diárias que permitem programar sequências de comandos, mas que chegam apenas para 6 situações pré-determinadas, e cada uma delas com um conjunto limitado de comandos que se podem utilizar!

Bom dia:

  • tirar o smartphone do modo de silêncio (apenas se for iniciado a partir de um smartphone Android) e ajustar o volume
  • ajustar luzes, termóstatos, tomadas e outros equipamentos integrados no Google Home
  • dizer a previsão do tempo, condições para a viagem para o trabalho, eventos do calendário e lembretes
  • tocar música, rádio, podcasts ou audiobooks (nestes últimos a partir do local onde se tinha ficado).

Hora de ir dormir:

  • por o smartphone em silêncio e ajustar o volume (se iniciado a partir de um smartphone Android)
  • dizer o estado do tempo para o dia seguinte e o primeiro evento do calendário
  • definir um alarme
  • ajustar luzes, e outros dispositivos
  • tocar música (com temporizador para desligar)

Sair de casa:

  • ajustar luzes e outros dispositivos que possam ser controlados via Google Home

Chegar a casa:

  • ajustar luzes e outros dispositivos que possam ser controlados via Google Home
  • anunciar nas colunas Home que se chegou
  • dizer os lembretes que temos para casa (geolocalizados)
  • ajustar volume
  • tocar música, rádio, podcasts ou audiobooks

Viagem para o trabalho (só disponível via Android ou iOS):

  • dizer as condições do trânsito para a viagem, estado do tempo, calendário e lembretes
  • ajustar luzes e outros dispositivos que possam ser controlados via Google Home
  • ajustar volume
  • tocar música, rádio, podcasts ou audiobooks

Viagem de regresso a casa (só disponível via Android ou iOS):

  • dizer as condições do trânsito para a viagem
  • ajustar luzes e outros dispositivos que possam ser controlados via Google Home
  • enviar mensagens e ler mensagens ainda não lidas
  • anunciar nas colunas em casa que se está a caminho
  • ajustar volume
  • tocar música, rádio, podcasts ou audiobooks

Embora se possa desculpar em parte devido a esta ser a primeira implementação do sistema; torna-se bastante redutor que a Google tenha decidido limitar o que se pode fazer... e com uma grande falta de coerência: porque motivo se podem enviar mensagens quando se está de regresso a casa, mas não se podem enviar mensagens quando se chega a casa, ou se sai de casa, ou se está na viagem para o trabalho?

Teria sido bem mais simples e versátil deixar que cada utilizador escolhesse os comandos que deseja fazer em qualquer uma das situações... e assim já não tinham que lidar com "reclamações".

... Esperemos que a próxima actualização já corrija esta situação.

Actualização: e efectivamente, parece que assim será, com referências à criação de rotinas completamente personalizáveis criadas de raiz para qualquer coisa que se queira.

4 comentários:

  1. boa tarde ,

    Carlos , sei que tens um destes dispositivos em tua casa porque já o disseste no blog . gostava de saber se achas uma boa opção neste momento para alguém como eu que tenho imensos dispositivos inteligentes em casa com o protocolo Zigby e já agora para que os comandos sejam eficientes têm de ser dados em Inglês ou em Português já é possivel .

    Antecipadamente grato

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os equipamentos que tens em casa é que tem de ser compativeis com o Google Home...e até ao momento não existe português PT, mas sim brasileiro.

      Eliminar
    2. Se forem equipamentos que tenham integração com o Google Assistant sim, é interessante. Neste momento estou a usar em inglês, mas ainda há dias chegou o suporte multi-língua ao Google Assistant, pelo que será (teoricamente) possível usar comandos em ingles e PT (brasil) em simultaneo. Eu continuo a manter-me no ingles, pois em portugues muitas vezes não temos respostas faladas (no Assistant normal).

      Eliminar

[pub]